Circuito das Estações anima cariocas

Atualizado em 05 de agosto de 2016
Mais em Notícias

Com muito alto astral, o Aterro do Flamengo, no Rio de Janeiro, recebeu 12 mil corredores para mais uma etapa do Circuito das Estações. Marcando o Verão, os corredores chegavam para percorrer os 5 e 10 km da prova com alegria e disposição.

Como o caso do corredor Márcio de Campos Souza, de 22 anos, que correu sua primeira prova de 5 km neste domingo. “Foi surpreendente meu desempenho. Gostei bastante da prova e da organização. Eu ainda não vi meu tempo, mas só de correr e terminar bem a prova, já me sinto um vencedor”, explica o estudante de medicina.

“Eu sempre gostei de correr, mas com os estudos fiquei um pouco comprometido em questão de horário, mas acabei me acertando e agora corro todos os dias. Tenho muito mais disposição e me sinto bem melhor. Eu adoro correr e adorei participar da prova hoje”, finaliza Márcio.

Para Aline Feitosa, de 33 anos, a prova hoje foi motivo de comemoração maior. “Hoje corri minha primeira prova de 10 km depois de perder 40 kg. Estou muito contente por terminar a prova e por me sentir tão renovada e tão feliz”, comemora a funcionária pública.

leia-mais-cinza
icon texto_menorPARTICIPOU DESTA PROVA? VEJA AQUI SEU RESULTADO

“Foram dias difíceis até conseguir perder todo o peso que atrapalhava a minha saúde, mas ainda bem que encontrei na corrida um motivo para não desistir. Terminar esta prova hoje é gratificante, pois só me dá vontade de continuar e manter a minha saúde em dia. É emocionante e fortalecedor”, encerra Aline.

Quem também marcou presença na prova foi a corredora Ligia Fontenele Costa, de 28 anos, que correu os 10 km em 39 minutos. “Foi o meu melhor tempo e isso é ótimo. Adoro as provas da O2 e participo sempre que posso. Estava tudo muito gostoso, eu adorei!”, explica a publicitária.

“A corrida é importante pois me ajuda a esquecer os problemas do dia a dia, além de manter minha mente mais saudável e mais calma. É uma energia muito boa que só quem corre consegue entender. É fascinante e não quero parar de correr tão cedo”, finaliza Ligia.

icone-foto

[nggallery id=108]