DivulgaçãoFoto: Divulgação

Após 5 dias, paraplégica completa meia-maratona

Atualizado em 20 de setembro de 2016
Mais em Notícias

Paraplégica e grávida de 16 semanas, Claire Lomas mostrou para quase 60 mil corredores que não existem limites quando se sobra força de vontade. Com a ajuda de um exoesqueleto robótico, ela completou os 21 km da Great North Run, que aconteceu no dia 10 de setembro, em Newcastle, na Inglaterra. Ela levou cinco dias para completar o desafio.

Apesar de o percurso ter sido o mesmo dos demais corredores, a meia-maratonista de 36 anos iniciou a prova na quarta-feira, dia 7, cruzando a linha de chegada às 10 horas do domingo. Com a ajuda do marido Dan, ela percorreu cerca de 5 km por dia para não sobrecarregar muito o seu corpo. Durante o trajeto, visitou escolas e conversou com crianças sobre sua batalha para superar suas limitações, que começaram em 2007 após ela sofrer um acidente de carro.

Durante o treinamento, ela sofreu com diversos problemas de saúde e também feridas causadas pela estrutura robótica. “Passei as duas primeiras noites preocupada de que não seria capaz de concluir a prova”, disse ao The Guardian.

 

 

Claire encarou o desafio com o objetivo de arrecadar dinheiro para ajudar pessoas que também sofreram lesões na coluna. Até hoje ela já arrecadou mais de 560 mil libras – sendo 20 mil nesta prova do fim de semana – para a Nicholls Spinal Injury Foundation, uma fundação que investe em pesquisas para achar a cura para a paralisia e que ajuda a melhorar a vida de pacientes com lesão na medula espinhal.

“É importante que pessoas com lesão na medula se mantenham ativas o máximo que puderem. Além de ajudar na saúde, isso traz inúmeros benefícios para a mente”, diz.

O campeão olímpico Mo Farah, que ganhou este ano a Great North Run pela terceira vez consecutiva, parabenizou Claire pela sua determinação. “É surpreendente o que ela fez”, disse o atleta. “Incrível sua coragem de competir”.

Maratonista
Se você já achou um grande feito Claire ter completado 21 km, saiba que, em 2012, ela participou da Maratona de Londres. Usando também um exoesqueleto, ela levou dezessete dias para completar os 42 km da prova.

Confira abaixo uma entrevista com a atleta:

https://www.youtube.com/watch?v=116TlHcqOWU