A energia da Night Run contagia mineiros

Atualizado em 26 de junho de 2017
Mais em Notícias

O sábado (17 de outubro) transformou mais uma vez a região da Pampulha, em Belo Horizonte (MG), num grande centro de corrida, ao receber a Etapa Água da Night Run. O circuito de corrida noturna reuniu 5 mil corredores em percursos de 5 km e 10 km.

Um dos corredores que estiveram na Pampulha foi o funcionário público Alexander Fabian Malheiros, de 52 anos, e que sofreu uma lesão no quadril no início de 2015. “Eu corri as duas etapas da Night Run (Fogo e Água) e gosto muito desse tipo de corrida noturna”. Alexander optou pelos 5 km e fez a prova em 22min53s, mas quer voltar às meias-maratonas em breve. Para isso, aumentou a intensidade nos treinos e tem feito corridas de velocidade ao menos duas vezes por semana. “Já estou mais tranquilo, o corpo já responde bem melhor ao exercício.”.

A proprietária de salão de beleza Maria Ferreira de Lima, de 56 anos, se inscreveu para os 10 km, mas por conta de uma bronquite atacada de última hora fez os 5 km. “Eu corri os 5 km da Etapa Água e me senti confiante para correr os 10 km desta vez. Pena que me atacou a bronquite e tive que ir em um ritmo bem mais lento do que estou habituada. Gosto muito de participar dessa prova”. E a Lagoa da Pampulha, local da Night Run, também é onde treino duas vezes por semana, diz a cabeleira, que geralmente corre 8 km. “Quando dá tempo, estico para três vezes”.

A temporada da Etapa Água da Night Run 2015, corrida de rua que compõem o circuito de provas noturnas da O2, ainda terá uma edição de São Paulo, no dia 14 de novembro.

[nggallery id=273]