Corrida de rua melhora a produtividade

Atualizado em 21 de dezembro de 2017
Mais em Notícias

Falar que a corrida de rua melhora a qualidade de vida e a saúde já é lugar-comum e todos que correm (e os que ainda não se aventuraram nas passadas) sabem desses benefícios. Mas não é só isso. Pesquisas sugerem que a corrida também pode fazer com que você fique mais inteligente e aumente sua produtividade no dia a dia. Já reparou que, após os treinos, você fica mais ligado? Efeitos da corrida, segundo o estudo.

Durante anos, inúmeros estudos apontaram que o exercício físico poderia fazer com que você ficasse mais esperto. No entanto, grande parte dos cientistas que estudam esse fenômeno ainda não havia conseguido comprovar que isso não era resultado do efeito placebo. Recentemente, no entanto, novidades trazidas por pesquisadores da Florida State University e da University of Illinois (ambas nos EUA) mostraram que a corrida de rua pode tornar a pessoa mais inteligente. Os estudos demonstram que as mudanças no cérebro após o exercício são fisiologicamente verdadeiras. Ou seja, ao se exercitar você, realmente, fica mais esperto com relação àquelas pessoas que não praticam atividade física.
  USE A CORRIDA NO COMBATE AO ESTRESSE
  DÊ UM UP NA IMUNIDADE COM A CORRIDA
  CORRA DEVAGAR PARA VIVER MAIS, DIZ ESTUDO

A combinação da corrida de rua com a sua rotina diária potencializa a atividade cerebral, já que o resultado do corpo em movimento é o aumento do foco e da concentração por mais horas, o que faz com que você fique mais esperto.

Pensando na fisiologia, isso acontece devido à quantidade de substâncias (incluindo neurotransmissores, como serotonina e hormônios) que afetam o bem-estar emocional. Essa química, na quantidade certa, determina o nível de concentração, memória e até a sua produtividade no dia a dia quando se é assiduo nas corrida de rua. No entanto, vá com calma. Lembre-se, sempre, que a diferença entre o remédio e o veneno é a dose. Por isso, a importância dos treinos orientados, assistidos e sem exageros.

(Fonte: Priscila Cesari, profissional de educação física da Rede Just Fit de Academias)