Trote: boa estratégia para aquecer

Atualizado em 27 de abril de 2016
Mais em Iniciantes

Ao começar na corrida de rua o aquecimento para os treinos é sempre realizado com uma caminhada leve. À medida que o corredor evolui, a caminhada passa a ser mais acentuada até virar um trote leve. Mas quando o assunto é aquecimento, uma dúvida pode surgir na cabeça do iniciante: como realizar esta opreparação pré-corrida sem perder o fôlego?

A grande dificuldade está relacionada ao ritmo desse aquecimento, uma vez que o trote, em termos de esforço percebido, tem quase a mesma intensidade da sua corrida de fato. Por isso, o ideal, neste inicio, é fazer caminhadas intercaladas com trotes leves. Por exemplo, 2 minutos de caminhada com 2 minutos de trote por aproximadamente 15 minutos. Assim o seu corpo se acostuma com o estímulo e rende melhor durante os treinos.

Se mesmo assim estiver difícil, outra estratégia é começar caminhando o mais natural possível. Após 1 minuto, tente aumentar um pouco a velocidade da caminhada. E de 1 minuto em 1 minuto faça um novo incremento até que você não consiga manter a marcha do caminhar e sinta a necessidade de trotar.

leiamais-cinza-novo
icon texto_menor  POR QUE DEVEMOS VARIAR O TREINO DE CORRIDA?
icon texto_menor  A IMPORTÂNCIA DO EXAME MÉDICO PARA TREINAR
icon texto_menor  8 DICAS PARA ARRASAR NAS CORRIDAS DE 5 KM

Passada esta fase de adaptação do corpo, você já pode começar o treino com um trote leve de pelo menos 5 minutos, o que serve para aquecer e lubrificar as articulações e os músculos. Esse aquecimento é essencial para prepará-lo para a corrida, além de diminuir os riscos de lesões musculares e articulares. Ignorar a sua importância ou se apressar para terminar a sequência de exercícios que deve ser feita antes da corrida pode ocasionar um desempenho ruim.

Outro benefício do trote: ele aumenta as frequências cardíaca e respiratória, assim como o fluxo de sangue para os músculos. Mas lembre-se de dar passadas curtas e manter a frequência cardíaca apenas um pouco acima da que você emprega na caminhada para não sobrecarregar o corpo. Outro beneficio é que com o trote você pode melhorar a sua técnica de corrida, já que você se concentra na passada e na coordenação entre braços e pernas.

(Fontes: Cristiano Santana, líder do grupo de corrida da Cia Athletica unidade Kansas – São Paulo, e Guto Ferrari, coordenador de running da Academia Velox Fitness, no Rio de Janeiro)