Médico alerta iniciantes contra lesões

Atualizado em 27 de abril de 2016
Mais em Iniciantes

A proximidade do Verão é a hora em que, geralmente, as pessoas sedentárias resolvem se mexer. Matriculam-se em academias, procuram parques ou a praia para caminhar, sempre pensando em perder os quilinhos a mais e sair bem nas fotos do Natal e da virada do ano.

leia-mais-cinza
icon texto_menorLESÃO: DÁ PARA NÃO PARAR DE TREINAR?
icon texto_menor DICAS PARA VOLTAR A CORRER APÓS A LESÃO

“A ansiedade em conquistar um ‘corpo perfeito’, num curto espaço de tempo, pode causar lesões”, alerta o Dr. Gustavo Arliani, especialista em traumatologia do esporte e Cirurgia do Joelho e membro do Centro de Traumatologia do Esporte (CETE). “A técnica inadequada na realização de exercícios, uso de esteroides anabolizantes e treinamento excessivo, são as causas mais comuns”, comenta o médico.

Para que não haja problemas no começo dos treinamentos, Arliani dá algumas sugestões básicas para todos os iniciantes. “Um indivíduo sedentário deve procurar um médico antes de iniciar a prática de qualquer esporte.”

Segundo o especialista em traumatologia, “ele [o médico] passará uma orientação sobre os fatores relacionados às lesões esportivas”, diz. “Idade, sexo, composição corporal, entre outros, podem ser fatores determinantes para se machucar com determinados exercícios.” A avaliação médica também consiste em um exame cardiorrespiratório e a indicação dos equipamentos corretos para a prática do esporte – no caso da corrida, o tênis. Por fim, o especialista afirma que é importante verificar e corrigir “possíveis gestos esportivos inadequados, que podem vir a gerar contusões no futuro.”

Além disso, ele sugere uma avaliação e orientação nutricional. “Uma boa dieta, antes e depois de se exercitar, é fundamental para evitar lesões, bem como uma hidratação adequada.”

Arliani ressalta a importância de um profissional de educação física nesse processo. “Eles conseguem manejar o avanço progressivo dos treinamentos e a realização adequada dos exercícios, colaborando para a prevenção de lesões”, garante.

Os pacientes iniciantes lesionados que ele mais trata são o que exageram no treino e se sobrecarregam. “Essas pessoas submetem as articulações, tendões, músculos e demais estruturas a uma carga superior à que estão preparadas para receber.” Ele finaliza: “desta forma, podem apresentar tendinites, condropatias no joelho (alterações na cartilagem articular), fascite plantar nos pés e dores musculares.”