Devo contratar um treinador?

Atualizado em 29 de abril de 2016
Mais em Iniciantes

A dúvida surge por conta do amplo acesso às informações e programas de treinamento disponíveis na internet e em revistas. Mas é sempre bom lembrar que, apesar disso, a evolução de um atleta é gradual e depende da sua dedicação aos treinos. Por isso, o auxilio de um profissional de educação física pode ajudar, e muito, no ganho de desempenho.

leia-mais-cinza

icon texto_menor  PARQUES DE SÃO PAULO TERÃO ASSESSORIAS ESPORTIVAS GRATUITAS
icon texto_menor  TREINAMENTOS EDUCATIVOS MELHORAM A CORRIDA
icon texto_menor  TREINAMENTO FUNCIONAL PARA EVOLUIR NA CORRIDA

Será ele o responsável por avaliar o nível do seu condicionamento, traçando objetivos plausíveis para o seu estado físico, além de passar conselhos que vão melhorar os seus treinos e a sua motivação. O técnico prepara suas planilhas, orienta os treinos, tira dúvidas sobre os treinamentos, dores, observa sua biomecânica e alimentação.

Levantamos algumas vantagens de correr com o auxílio de um treinador.

Ter um treinamento personalizado
Com um programa feito sob medida para você será possível correr com a intensidade e a distância apropriadas para as suas habilidades e os seus objetivos. Afora isso, esse acompanhando pode ajudar a afastar a possibilidade de lesões – já que a carga de exercícios estará bem controlada.
Como o ciclo de treinos é desenvolvido de forma individual, você será moldado aos poucos – dos treinos de base para os iniciantes, à preparação para uma maratona entre os experientes. Postura e biomecânica das passadas são corrigidas em todos os treinamentos pelos especialistas.

Pensar na parte técnica
Para que você melhore o rendimento na corrida, os seus treinos precisam extrapolar os quilômetros percorridos. Será preciso investir, também, em treinamentos funcionais e educativos. E será o seu treinador que indicará os exercícios que deverão ser feitos. Geralmente, os programas de treinos que visam o trabalho de fortalecimento são muito indicados. Assim, você estará mais preparado para encarar as provas.

Ficar atento ao ritmo
O professor fará com que você entenda como não exceder seu ritmo, já que quando isso acontece toda a corrida fica comprometida. Para isso, ele vai analisar a técnica da sua biomecânica e da sua passada enquanto você corre para que sejam possíveis ajustes para melhorar o desempenho e evitar lesões.
Além disso, ao lado do treinador, você terá orientação prévia sobre como se comportar ao longo de uma prova.

Organizar o calendário
Junto com o seu técnico você irá decidir, com antecedência, quais serão as suas “provas-meta”, aquelas em que você tenta baixar o tempo e ganhar rendimento. Dessa forma, você pode focar melhor os treinos e aproveitar as outras corridas de rua para se divertir com os amigos, sem dar tanta atenção ao pace. Mas não exagere na quantidade de provas, pois o seu corpo precisa descansar para se recuperar para os treinos programados.

Entrar em um grupo de corrida
Se você não quer correr com um treinador apenas para você, também existe a possibilidade de fazer parte de grupos de corrida. Talvez, você ache que treinar em um grupo é ainda mais benéfico, porque os vários corredores que integram uma assessoria acabam virando colegas. Esses parceiros de esporte são grandes motivadores, tanto nas provas, quanto nos treinos. A troca de experiência faz com que todos conheçam mais sobre a corrida e evoluam.
Outro bom motivo: em uma assessoria há pessoas de todos os níveis (iniciantes, intermediários e avançados). Por isso, você sempre terá um companheiro, o que torna o treino mais agradável. Afinal, todos têm o mesmo objetivo.

(Fonte: Carolina Stefani, professora da MPR Assessoria Esportiva – São Paulo)