Cuidados para quem treina no fim de semana

Atualizado em 27 de abril de 2016
Mais em Iniciantes

Você começou a se dedicar à corrida de rua, mas a agenda apertada está fazendo com que você se dedique aos treinos apenas no fim de semana? Cuidado, ser esse tipo de atleta, mesmo sendo novato na corrida, pode trazer riscos para à saúde.

Ao não treinar o corpo para uma atividade física e, subitamente, fazer com que ele seja exposto a uma intensidade grande de exercício, as chances de você sofrer com lesões musculares e articulares aumentam, já que o aparelho locomotor não está devidamente condicionado e preparado para esse tipo de estresse. Além disso, quando você corre apenas no sábado ou no domingo aumenta as chances de se desidratar, ter hipertermia (elevação da temperatura corporal) e, em casos mais sérios, até complicações cardiorrespiratórias e/ou acidente vascular cerebral (AVC). Por isso, deixe essa ideia de lado.

É claro que conciliar a agenda com os treinos muitas vezes não é tarefa fácil. Mas para que você se mantenha bem na corrida (e com saúde) é preciso saber se organizar. Veja na matéria 10 maneiras de (conseguir) treinar com regularidade algumas boas estratégias. Seja acordando mais cedo ou indo dormir mais tarde, o ideal é que você ache uma brecha na agenda e inclua, pelo menos, um treino no meio da semana. Cerca de 30 minutos de atividades físicas, de três a quatro vezes por semana, já ajuda a melhorar a saúde.

leiamais-cinza-novo
icon texto_menor  3 EXERCÍCIOS QUE TODO NOVATO DEVERIA FAZER
icon texto_menor  QUE TAL APOSTAR NA CAMINHADA POWER?
icon texto_menor  8 SEMANAS PARA CORRER 10 KM

Se, mesmo assim, você não conseguir treinar mais dias, não desanime. Invista durante a semana em uma atividade de baixa intensidade e, quando tiver mais tempo, faça os treinos de corrida, sem preocupações com distância ou intensidade do treino. Essa é uma forma eficaz de se proteger dos possíveis problemas e se manter nos treinos.

Além disso, o checkup médico também é indispensável para a sua segurança. E procurar uma loja especializada para fazer o teste da pisada e, assim, adquirir o tênis certo para você também é uma boa para evitar que você se machuque.

(Fonte: Rodrigo Lobo, diretor técnico da Lobo Assessoria Esportiva, em São Bernardo do Campo – SP)