5 razões para investir na corrida e caminhada

Atualizado em 29 de abril de 2016
Mais em Iniciantes

Você é novato na corrida de rua e está seguindo um treinamento que tem apenas corrida por pensar que caminhar durante os treinos é assumir uma derrota? Saiba que, na realidade, adotar um programa que une corrida e caminhada é uma ótima alternativa para que você ganhe rendimento.

Certamente, alguma vez durante os treinos mais puxados, já passou pela sua cabeça caminhar um pouco, quando você não aguentava mais sustentar o ritmo. Andar durante treinos mais longos, e até mesmo em provas, é absolutamente normal. Alguns corredores associam, erroneamente, o andar à desistência em manter o ritmo puxado, pensando que se deve relutar ao máximo à prática, se rendendo apenas quando chega à fadiga extrema ou ao desconforto. No entanto, o exercício não pode se tornar um castigo. Esse ritmo mais suave pode ser parte de sua estratégia para corridas mais longas ou, até mesmo, em dias em que você não tem treino programado. Andar tem movimentos importantes para manter o funcionamento metabólico do organismo, gerando um estado de bem-estar físico e mental.

leia-mais-cinza
icon texto_menor  MEÇA O INTERVALO ENTRE CORRIDA E CAMINHADA
icon texto_menor  COMO FAZER UM PLANO DE CORRIDA E CAMINHADA?
icon texto_menor  6 MANEIRAS DE EVOLUIR NA CORRIDA

Tente colocar suas ideias preconcebidas sobre corrida e caminhada de lado, e considere os grandes benefícios que essa dupla pode trazer para a sua corrida. Para ajudar, reunimos cinco razões que vão ajudá-lo a enxergar a prática casada com outros olhos.

1. Reduz o risco de lesão
Os músculos e as articulações sofrem quando você está correndo. E muitas lesões comuns aos corredores ocorrem por conta do overuse. Quando você usa a caminhada como parte do seu treinamento, diferentes músculos são requisitados e você reduz o impacto sobre as articulações, mesmo se percorrer a mesma distância que faria correndo.

2. Melhora o ritmo global
Muitos corredores não acreditam, mas unir corrida e caminhada nos treinos faz com que você melhore sua velocidade final. Fazer pausas curtas para andar gera o descanso suficiente para que você volte com mais pique para a corrida, o que também faz com que você vá mais rápido do que seu ritmo normal.

3. Mentalmente é mais fácil
Ao dar uma pequena pausa para caminhada, sua cabeça entende que a longa jornada que ainda tem pela frente é mais fácil para ser administrada. E fazendo uma pausa curta você ainda quebra a monotonia do treino, o que pode ajudá-lo a lidar com os desafios mentais e com qualquer desconforto que você possa estar sentindo.

4. Ajuda na recuperação
Use a caminhada como ferramenta de recuperação para conseguir treinar por mais tempo em cada sessão, alternando-a com a corrida. Fazer pausas é também uma estratégia inteligente para a construção da resistência e para melhorar o funcionamento do corpo.

5. Ganho de resistência
Caminhar ajuda a aumentar a resistência sem colocar tanta pressão sobre as articulações e os músculos como acontece na corrida. Atente-se, ainda, para o fato de que ela diminui o impacto nas articulações, ligamentos e tendões, sendo uma aliada em dias de treinos mais puxados.

(Fonte: Sinara Guedes é professora da Branca Esportes Assessoria Esportiva – São Paulo)