4 maneiras de escolher (boas) metas

Atualizado em 27 de abril de 2016
Mais em Iniciantes

Ter metas na corrida deve fazer parte do seu roteiro para o sucesso. Mesmo que você seja iniciante, não vai chegar perto do seu melhor potencial sem ter bons objetivos. Para ir longe, é muito importante que você sonhe com o que poderia ser na corrida de rua e, em seguida, descubra como tornar esse sonho realidade.

Você pode até dizer que não pretende ser um exímio corredor e que quer, apenas, correr para aliviar o estresse e manter a qualidade de vida. Mas, mesmo assim, sem querer, você provavelmente já deve ter estabelecido metas na corrida, pois é isso que o mantém motivado para continuar firme nos treinos.

Seja sincero: quantas vezes você vestiu os tênis e pensou: “Hoje eu vou correr até ficar cansado”? Você sempre tem uma rota em mente ou uma ideia geral da duração sua corrida. Você, provavelmente, também costuma correr determinadas vezes na semana, e fica chateado sempre que algo o impede de treinar, principalmente, por ser novato na corrida e por estar cheio de gás para dar as passadas.

Esses já são alguns objetivos básicos de corrida, mesmo que você nunca tenha pensando que eram metas. Saiba, no entanto, que definir objetivos formalmente pode ajudá-lo a aproveitar a sua corrida ainda mais.

leiamais-cinza-novo
icon texto_menor  A IMPORTÂNCIA DE TER OBJETIVOS NA CORRIDA DE RUA
icon texto_menor  GUIA PARA QUE VOCÊ CORRA MAIS
icon texto_menor  6 DESLIZES QUE PODEM ATRAPALHAR SUA CORRIDA

1. Dê um significado pessoal para a corrida. Seus objetivos devem ser aquilo que você deseja alcançar e não o que vai atender às expectativas de outras pessoas. Treinar para alcançar uma meta requer trabalho duro. Quando você bate um trecho difícil, fisicamente ou mentalmente, se o objetivo para o qual você está trabalhando tem um profundo significado para você, certamente vai encontrar uma maneira de continuar perseverando. Mas se alguém determinou a sua meta, quando você encontrar uma barreira pela frente vai pensar: “Espere, por que estou fazendo isso?”

2. Saiba exatamente aonde você quer chegar para, então, definir metas intermediárias. Uma grande realização é resultado de muitas pequenas conquistas, por isso é importante que você tenha objetivos menores pela frente para conseguir continuar firme nos treinos. Além disso, uma meta final mal definida pode por em xeque todo o planejamento feito.

3. Ao definir as metas intermediárias, alterne os objetivos priorizando entre corridas que focam o volume e aquelas que têm como objetivo a intensidade. Isso fará com que você consiga evoluir mais facilmente.

4. Tenha clareza sobre todas as suas possibilidades de treinamento para atingir as metas definidas. Algumas metas necessitam de treinamento bastante específico e diferenciado. Outras necessitam de muito tempo e dedicação nos treinos. Estabelecer uma meta para a qual você não tenha como se preparar é o primeiro passo para a frustração. O objetivo deve ser desafiador, mas realista.

(Fonte: Guto Ferrari, coordenador de running da Academia Velox Fitness, no Rio de Janeiro)