4 Deserts /Omni CaiFoto: 4 Deserts /Omni Cai

Corredor adota cachorrinha durante ultra no deserto

Atualizado em 20 de setembro de 2016
Mais em Notícias

Durante uma ultramaratona de 250 km no deserto de Gobi, na China, o britânico Dion Leonard encontrou uma companheira inesperada no meio do percurso, uma cachorrinha vira-lata. Apesar de pequeno e aparentemente frágil, o animal pareceu não se importar com o calor extremo do lugar e correu ao lado do atleta quase o tempo todo, ajudando-o a manter o pace e a garantir o segundo lugar na prova.

Das seis etapas que compõem a disputa, que tem duração de sete dias, a pequena corredora acompanhou Dion em quatro delas. O atleta a carregou nas travessias de rios, deixou-a dormir em sua barraca e deu comida e água para sua fiel companheira, mesmo não tendo muitos suprimentos pra ele mesmo.

Corredor adota cachorrinha durante ultra no deserto

Foto: 4 Deserts /Omni Cai

“As temperaturas podiam chegar a 52ºC, mostrando que ela tem uma força e resistência única até mesmo para um pequeno animal”, disse o atleta, que disputava a 4 Deserts, série de ultramaratonas composta por quatro provas nos desertos do Atacama (Chile), Saara (norte da África), Gobi (China) e Antártica.

Depois que ele terminou a prova, contudo, teve que deixar “Gobi”, como ele a apelidou, em Pequim, com um amigo, já que existe uma rigorosa lei sobre a entrada de animais de diferentes países.

Inconformado, o atleta lançou uma campanha para arrecadar dinheiro para pagar todas as despesas para trazer o animal para o seu país. No final, foram arrecadados mais de 8 mil libras, o que será suficiente para custear os gastos com o procedimento de quarentena e documentação.

Agora é aguardar para ver se a atleta de quatro patas vai conseguir reencontrar seu parceiro. “Espero que ela chegue no final do ano. Será o melhor presente de Natal que já ganhei”.

Corredor adota cachorrinha durante ultra no deserto

Foto: 4 Deserts /Omni Cai