Ano de grandes desafios para o Trail Running

Atualizado em 20 de setembro de 2016
Mais em Notícias

No ano passado, os atletas de trail run Cleverson Del Secchi, Ana Giovanelli, Geison Ignacio e Raphael Bonatto estiveram presentes nos pódios das principais e mais difíceis maratonas e ultramaratonas de montanha do país, como a EC Agulhas Negras, Mizuno Up Hill e a Indomit Costa Esmeralda.

Membros da equipe da temporada de 2016 do Território Mountain Team, os corredores se reuniram em um evento na loja Território Mountain Shop, em Curitiba, para falar quais serão os seus principais desafios para este ano.

Confira:

Cleverson Del Secchi
O atleta tem investido a cada ano em provas mais longas e, para 2016, estão nos seus planos a busca pelo bicampeonato do Circuito TRC, que conta com duas etapas, assim como sua estreia no Circuito KTR, com quatro etapas. “Também estão nos meus planos o desafio Samurai na Mizuno UpHill, algumas provas do Circuito Indomit e o Powerman Brasil”, completa.
Principais conquistas de 2015:
Campeão Geral do Circuito TRC
2º Lugar EC Agulhas Negras 80K
3º Lugar Maratona dos Perdidos
3º Lugar na Mizuno Up Hill
5º Lugar XTERRA Ilha Bela I

 

Ana Giovanelli
Seu primeiro grande desafio para a temporada 2016 será a Ultra do Rio Grande. “É uma prova de 50 km de asfalto, onde vou focar em desenvolver a velocidade, pois não é uma prova de montanha”, comenta. Ainda no primeiro semestre, a corredora vai disputar o Circuito Indomit em SP e a Indomit Argentina, que será de 100 km. Na segunda parte do ano, o grande objetivo é o bicampeonato na Indomit Costa Esmeralda, mas deve fazer parte também de sua temporada a Ultramaratona dos Perdidos, algumas provas do circuito TRC Brasil, Indomit Bombinhas 42K e K42 Cusco.
Principais conquistas de 2015:
Campeã da Indomit Costa Esmeralda 100K
Campeã do Circuito TRC
Campeã na categoria duplas da Volta à Ilha
5º Lugar EC Agulhas Negras 80K
2º Lugar Indomit Bombinhas
2º Lugar Maratona dos Perdidos

 

Geison Ignacio
O atleta, que veio dos esportes de montanha para a corrida, tem como especialidade as provas de maior dificuldade e resistência. Para 2016, fazem parte do seu planejamento o Circuito KTR, Circuito Indomit, Circuito TRC, Half Mision MG, Volta a Ilha, além do grande desafio da Ultra Maratona dos Perdidos. Para a Indomit Costa Esmeralda, ainda está definindo se busca o Tricampeonato nos 80k ou se vai brigar pelo 100k. Também cogita o Endurance Challenge do Chile, mas depende de como será sua temporada.
Principais conquistas de 2015:
Bicampeão da Indomit Costa Esmeralda 80K
Campeão da Indomit SP 50K
4º Lugar na La Mision 160K Argentina
2º Lugar na Half Mision 80K Serra Fina
5º Lugar EC Agulhas Negras 50K
3º Lugar na Indomit Bombinhas

 

Raphael Bonatto
O ano de Bonatto começou já na Brazil 135+, prova que teve que abandonar quando liderava, já com 120 km percorridos, devido a uma lesão no joelho. “Minha lesão apareceu na XTERRA de Ilha Bela II 50K, prova que eu estava liderando e me machuquei em um trecho de descida. Desde então esta lesão vem me acompanhando”, comenta. O principal projeto de participar da BadWater e Arrowhead, fechando a Copa do Mundo de Ultramaratonas em Ambientes Extremos depende agora de indicação e aprovação dos organizadores, pois ele já completou a Badwater anteriormente. Sua temporada segue com a TRC Corupá 23K, Ultra das Águas 50K, KTR e seu grande objetivo no segundo semestre será a Jungle Marathon.
Principais conquistas de 2015:
Campeão da seletiva brasileira para o Desafio Discovery América Latina
2º Lugar no Ultra Desafio 50 Milhas Morungaba
6º Lugar no Desafio da Butuca Ilha do Mel