Vuelta-2015 terá nove chegadas inéditas

Atualizado em 27 de abril de 2016
Mais em Vuelta a España

Com nove chegadas ao alto, todas inéditas, a Vuelta a España (22 de agosto a 13 de setembro) comemorará este ano seu 80º aniversário e sua 70ª edição. As 21 etapas da terceira e última grande volta do ano foram divulgadas no último sábado (10), em Torremolinos (Málaga), no sul da Espanha. Conhecida pelo percurso montanhoso, a Vuelta a España deverá ter em Els Cortals d’Encamp (11ª etapa) e la Ermita del Alba (16ª etapa) as mais duras etapas.

Outra novidade é a disposição das chegadas ao alto, que estarão distribuídas nas duas primeiras semanas, e não na última como normalmente ocorre. Os inéditos finais são: Caminito del Rey (2ª etapa), Vejer de la Frontera (4ª etapa), Cazorla (6ª etapa), Capileira (7ª etapa), Cumbre del Sol (9ª etapa), Cortals d’Encamp (11ª etapa), Fuente del Chivo (14ª etapa), Sotres (15ª etapa) e Ermita del Alba (16ª etapa).

leiamais-cinza-novo
iconezinho  TOUR 2016 JÁ TEM AS PRIMEIRAS ETAPAS DEFINIDAS

Serão dois contrarrelógios. O primeiro, curto e por equipes, será logo na 1ª etapa, em Puerto Banús. Já o segundo, na 17ª etapa, em Burgos, será individual e terá 39 km. As etapas planas são poucas: Málaga (3ª etapa), Alcalá de Guadaira (5ª etapa), Lleida (12ª etapa), Tarazona (13ª etapa) e Madri (21ª etapa).

A abertura da Vuelta a España, assim como em 2014, será na Andaluzia (sul da Espanha), mas desta vez na cidade costeira de Puerto Banus. Os quatro primeiros dias serão na quente região conhecida como Costa do Sol. De lá o pelotão seguirá para o leste, passando por Murcia e Valencia até chegar aos Pirineus, no início da segunda semana.

Na região de Andorra, os ciclistas terão a etapa rainha (11ª etapa) – seis montanhas, 138 km de percurso e desnível acumulado de 5.230 metros. Na Cantábria, comunidade autônoma que fica entre o País Basco e a Astúria haverá três dias seguidos com chegada ao alto (14ª, 15ª e 16ª etapa).

A última semana começará com um contrarrelógio individual em Burgos. Até a chegada em Madri não haverá chegadas ao alto. A 20ª etapa, que definirá o campeão, possui quatro montanhas de 1ª categoria entre San Lorenzo de El Escorial e Cercedilla. A última etapa será na capital Madri.

Etapas da Vuelta a España 2015

1ª etapa – Sábado, 22 de agosto: Puerto Banús – Marbella (CRE), 7,4 km
2ª etapa – Domingo, 23 de agosto: Alhaurín de la Torre – Caminito del Rey, 165 km (Final no alto, 3ª categoria)
3ª etapa – Segunda-feira, 24 de agosto: Mijas – Málaga, 164,6 km
4ª etapa – Terça-feira, 25 de agosto: Estepona – Vejer de la Frontera, 203 km (Final no alto, não categorizado)
5ª etapa – Quarta-feira, 26 de agosto: Rota – Alcalá de Guadaira, 182 km
6ª etapa – Quinta-feira, 27 de agosto: Córdoba – Sierra de Cazorla, 204 km (Final no alto, 2ª categoria)
7ª etapa – Sexta-feira, 28 de agosto: Jódar – La Alpujarra (Capileira), 188,3 km (Final no alto, 1ª categoria)
8ª etapa – Sábado, 29 de agosto: Puebla de Don Fadrique – Murcia, 186,6 km
9ª etapa – Domingo, 30 de agosto: Torrevieja – Cumbres del Sol (Benitachell), 168,3 km (Final no alto, 1ª categoria)
10ª etapa – Segunda-feira, 31 de agosto: Valencia – Castellón, 152 km
Terça-feira, 1º de setembro: Descanso
11ª etapa – Quarta-feira, 2 de setembro: Andorra – Els Cortals d´Encamp, 138 km (Final no alto, categoria especial)
12ª etapa – Quinta-feira, 3 de setembro: Escaldes-Engordany – Lleida, 172,5 km
13ª etapa – Sexta-feira, 4 de setembro: Calatayud – Tarazona, 168 km
14ª etapa – Sábado, 5 de setembro: Vitoria – Fuente del Chivo (Alto Campoo), 213 km (Final no alto, 1ª categoria)
15ª etapa – Domingo, 6 de setembro: Comillas – Sotres, 175 km (Final no alto, 1ª categoria)
16ª etapa – Segunda-feira, 7 de setembro: Luarca – Ermita del Alba, 184 km (Final no alto, categoria especial)
Terça-feira, 8 de setembro: Descanso
17ª etapa – Quarta-feira, 9 de setembro: Burgos – Burgos (CRI), 39 km
18ª etapa – Quinta-feira, 10 de setembro: Roa de Duero – Riaza, 204 km
19ª etapa – Sexta-feira 11 de setembro Medina del Campo – Ávila, 185 km
20ª etapa – Sábado, 12 de setembro: San Lorenzo de El Escorial – Cercedilla, 181 km
21ª etapa – Domingo, 13 de setembro: Alcalá de Henares – Madrid, 93,7 km

video-cinza