Qual a hora certa de voltar aos treinos após lesão?

Atualizado em 20 de dezembro de 2017
Mais em Treinamento

Interromper as atividades físicas devido a uma lesão muscular pode ser muito complicado para quem está acostumado a se exercitar. Ficar em casa enquanto seus amigos vão dar aquela corridinha, pedalada ou praticar algum outro esporte pode causar uma pressão psicológica que, muitas vezes, faz o atleta antecipar a volta aos treinos antes mesmo do corpo se recuperar do trauma.

O reinício precipitado pode causar uma lesão ainda mais grave. O correto é ter o aval de um profissional para iniciar um trabalho de musculação, sem riscos, no local afetado.

Enquanto está longe dos treinos, o atleta não deve fazer atividades que forcem a região lesionada. Mas isso não significa que deve parar. O ideal é continuar malhando as outras partes do corpo. Se machucou um membro inferior, trabalhe os membros superiores e vice versa.

Também é importante respeitar as fases de recuperação. Comece com treinos de resistência e depois vá para os treinos de força para afastas os riscos de uma nova contusão mais grave.

Existem diversos métodos que auxiliam a fisioterapia e a musculação em tratamentos de lesões. Quando executados de forma correta e responsável, Pilates, treinos funcionais e o Crossfit podem beneficiar a recuperação.

Para ter sucesso na recuperação, também é necessário respeitar a fisiologia do corpo. Faça os exercícios adequados para aquele momento e mantenha a disciplina, independente da técnica que esteja trabalhando.

(Fontes: Leandro Conte, professor da academia Fórmula, de São Caetano do Sul, em São Paulo, e Bruno Gragnani, fisioterapeuta esportivo – SP)