Tour injeta R$ 515 milhões na GB

Atualizado em 28 de abril de 2016
Mais em Tour de France

Sucesso de público e renda. Assim pode ser definida a largada do Tour de France 2014, que este ano aconteceu em Yorkshire, na Grã-Bretanha. De acordo com um documento entitulado “Welcome Yorkshire”, 3,5 milhões de pessoas reuniram nas ruas para acompanhar as três etapas inicias deste, movimentando na economia local aproximadamente 128 milhões de libras esterlinas (aproximadamente R$ 515 milhões).

O documento tem 64 páginas no total e foi elaborado pela companhia eventIMPACTS. Nele, diversos detalhes econômicos mostram o êxito da do “Grad Départ” do Tour deste ano em Yorkshire. No total foram três etapas na Grã Bretanha, incluindo uma chegada em Londres.

leiamais-cinza-novo
iconezinho  LARGADA DO TOUR VOLTA PARA A FRANÇA EM 2016

 

De acordo com os números aproximadamente, 4,8 milhões de espectadores acompanharam a passagem do pelotão nos três dias. No entanto, o número total de pessoas cai para 3,5 milhões quando leva-se em conta que alguns acompanharam mais de uma etapa.

As etapas que mais levaram pessoas às ruas foram as duas primeiras, que aconteceram nos condados de Yorkshire e Humber. Estima-se que 2,3 milhões de espectadores acompanharam a passagem do pelotão nas duas regiões, ou um quarto do total de habitantes. Deste total, 97% eram moradores locais e 3% turistas.

O documento revela também que a Grã-Bretanha recebeu mais de 100.000 turistas para acompanhar a largada. A média gasta em um dia de evento foi de 25,27 libras esterlina (102 reais) para um visitante comum e quase o dobro para um visitante comercial. Assim, estima-se que foram injetados na economia local 128 milhões de libras esterlinas em hotéis, restaurantes e produtos relacionados ao Tour.

Por último mas não menos importante, cerca de 2 milhões de pessoas foram incentivadas a pedalar mais após a passagem do Tour.

Em 2015 o Tour de France começará novamente fora da França. Utrecht, na Holanda, sediará a 1ª etapa no dia 4 de julho.