Tour de France sai do World Tour em 2017

Atualizado em 20 de setembro de 2016
Mais em Tour de France

Fim de ano bem tumultuado para o ciclismo mundial. A organização do Tour de France, a  Amaury Sports Organization (ASO),  anunciou que decidiu retirar a Grande Volta francesa do calendário do World Tour a partir de 2017. A ASO pretende registrá-la na  União Ciclística Internacional (UCI)   uma categoria abaixo, a Classe 1 (Hors Class), assim como todas as outras provas sob administração da ASO, como a Paris-Nice, Paris-Roubaix, La Flèche Wallone, a Liège-Bastogne-Liège e o Critèruim du Dauphine.

Em um comunicado emitido nessa sexta-feira (18 de dezembro), a empresa francesa alegou desacordos com a política tomada pela UCI em relação ao World Tour e ao ciclismo. Para a diretoria da empresa, a obrigação de renovar a licença anualmente, em vez de três em três anos, faz com que o esporte se torne cada vez mais fechado e restrito. Com a nova classificação das provas, os franceses da ASO diminuem o nível de exigência e valores que o World Tour exige de seus parceiros. Ainda no comunicado, a ASO honra seu compromisso de manter as competições nos modelos europeus, o que já vem sendo feito desde 2007.

Já para a UCI, que também soltou uma nota oficial para se posicionar, a reforma no estatuto do World Tour foi debatido ao longo de dois anos, com consultas de organizadores de provas, equipes e atletas, antes de ser aprovado e posto em prática, em junho e setembro, respectivamente. A nota ainda divulga que o novo estatuto vai trazer estabilidade e crescimento ao ciclismo, além de proteger o interesse de parceiros e apoiadores.

leia-mais-cinza
iconezinho BILIONÁRIO CHINÊS QUER DOMINAR O WORLD TOUR

Outro ponto preocupante e que pode esvaziar o calendário do World Tour em 2017, é que a Amaury Sports Organization também detém os direitos de organização da  Vuelta a España.  Até o momento, a empresa não se manifestou se pretende tomar a mesma atitude em relação AA prova espanhola.