Andy Schleck agradece o Fair Play

Atualizado em 28 de abril de 2016
Mais em Tour de France

Por Tadeu Matsunaga

Andy Schleck (Saxo Bank) sofreu uma grave queda quando restavam 30 km para o encerramento da 2ª etapa do Tour de France, e terminou a etapa queixando-se de muitas dores no pulso e no antebraço esquerdo. Já o seu irmão, Frank, também esteve envolvido na confusão e reclamou de dores no ombro direito.

Os dois luxemburgueses não foram os únicos a sofrer queda durante o percurso, que acabou prejudicado pela chuva. Apesar dos problemas, o pelotão principal diminui o ritmo e aguardou o retorno dos ciclistas no grupo.

“Cai duas vezes em 200 metros, fiquei sem bicicleta. Agradeço a todos pelo grande apoio, hoje realmente vivemos uma situação de fair play (jogo limpo)”, disse Andy.

Armstrong e Wiggins também acabam no chão

Lance Armstrong (Radio Shack) e Bradley Wiggins (Sky) também não conseguiram evitar a queda na etapa. O norte-americano sofreu uma pancada em seu braço direito. Já o britânico feriu braços e pernas, e teve cortes profundos no local.

Armstrong ocupa a 5ª posição no Tour de France – 3min19s atrás do camisa amarela Sylvain Chavanel.