Diversão e mobilidade

Atualizado em 20 de setembro de 2016
Mais em Test Drive

Por Albert Pellegrini

A Groove Blues 700C é um dos modelos da marca brasileira Groove destinados à recreação, mas também é indicada para curtos deslocamentos na cidade. Confortável, sua geometria tem a frente alta, que deixa o cockpit elevado e o ciclista numa postura mais ereta, estilo “dutch bike”. Outra peculiaridade do quadro é o tubo superior mais baixo (slooping), que facilita na hora de montar e desmontar, assim como quando é necessário apoiar o pé no chão, passando maior sensação de segurança.

O conforto é reforçado pela suspensão dianteira de 80 mm com pneus aro 700c, de 35 mm, além do canote de selim com amortecedor. Essa configuração torna possível pedalar por ruas com pavimento ruim sem muita dificuldade e sem ter que aliviar o pedal para isso. Disponibilizado nos tamanhos 17” e 19”, o modelo possui ainda avanço com regulagem de altura e extensão do guidão, facilitando o ajuste do ciclista sobre a bicicleta (bike fit).

Os câmbios são da Shimano, sendo atrás o Tourney de sete velocidades, com cassete de 14/28 dentes, e na frente o TZ-31, com três coroas de 48/38/28 dentes. É uma relação leve, boa para encarar subidas, porém deixa a desejar para maior velocidade no plano ou em descidas. Já os passadores de marcha são Shimano EZ Fire, do tipo rapid fire (gatilho), super-rápidos e precisos.

Por seu apelo recreacional-urbano, a Blues bem que poderia sair de fábrica com paralamas e bagageiro traseiro, itens que fazem diferença no dia a dia. Outra sugestão seria a substituição da suspensão dianteira por uma rígida, o que não afetaria muito o conforto, mas certamente deixaria a bike bem mais leve.

(matéria publicada originalmente na edição nº 113 da revista VO2bike)