DivulgaçãoFoto: Divulgação

Mate bike: dobrável, elétrica e com autonomia de 80 km

Atualizado em 22 de dezembro de 2016
Mais em Papo de Pedal

No início de outubro, uma empresa dinamarquesa lançou uma campanha de financiamento coletivo para produzir a Mate bike, uma bicicleta elétrica dobrável, considerada pelos próprios criadores como a mais legal e acessível de sua categoria. A proposta foi tão bem aceita pelo público que a expectativa de arrecadação foi 50 vezes superior e o projeto arrecadou mais de 4 milhões de dólares.

A Mate bike possui quadro de alumínio de 20 polegadas – disponível nas cores verde, vermelho, branco ou preto – e vem equipada com suspensão dianteira e traseira, freios a disco de carbono e câmbio Shimano de 7 marchas. Considerada uma bike versátil, ela pode ser dobrada ao meio em apenas três passos, facilitando o seu transporte e armazenamento.

 

Conta com uma bateria de lítio da Samsung, capaz de fazer até 80 km por carga. Segundo o fabricante, a bateria pode ser totalmente recarregada em menos de 2 horas. O motor elétrico pode ser de 250 quilowatt (norma europeia) ou 350 quilowatt (norma norte-americana), com capacidade para atingir velocidades de 25 km/h e 35 km/h, respectivamente.

A Mate bike vem ainda equipada com tela de LCD à prova de água e poeira, que mostra ao ciclista dados como hora local, quantidade de bateria disponível, velocidade, tempo e distância da viagem, além de possuir uma entrada USB para carregar celular ou outros dispositivos móveis. O modelo pode ser adquirido no site da empresa pelo valor de US$799 (R$ 2660 na conversão atual). É possível adquirir, ainda, baterias extras e carregadores portáteis.