Alunos criam bike movida a impulso magnético

Atualizado em 29 de novembro de 2016
Mais em Papo de Pedal

Três alunos da Escola Técnica Estadual (Etec) Albert Einstein, de São Paulo, inventaram uma bicicleta equipada com um sistema de impulso magnético que amplia em até três vezes o rendimento da pedalada do ciclista. Totalmente sustentável, o sistema não depende de combustível ou eletricidade para funcionar, apenas da força eletromagnética proveniente de ímãs instalados na roda da bike, responsáveis pela indução que potencializa e prolonga a pedalada, fazendo com que o ciclista economize esforço.

Os idealizadores da bike movida a impulso magnéticoo foram Kauana Meireles, Gabriel Souza e Ingrid Fauzie, alunos do curso técnico de administração da Etec, que contaram com orientação da professora Maíra Cezaretto. Segundo os alunos, a invenção foi inspirada em estudos de física, como a teoria gravitacional do cientista inglês Isaac Newton. Além da qualidade sustentável, eles destacam o fato de o sistema ser de baixo custo, muito leve e versátil, podendo ser facilmente adaptado a outras bicicletas. O projeto foi apresentado pela primeira vez na Feira Tecnológica do Centro Paula Souza (Feteps) e no Prêmio Eseg de Gestão, em 2015, e atualmente está entre os 15 finalistas do 3º Desafio Inova Paula Souza de Ideias e Negócios.

Confira um vídeo dos alunos explicando o projeto: