Vítimas de acidentes com bike ganham nova homenagem

Atualizado em 05 de agosto de 2016
Mais em Notícias

Três Ghost Bikes de São Paulo, bicicletas brancas instaladas em locais de acidentes fatais com ciclistas, receberam tags (grandes QR Codes) como forma de lembrança e homenagem. Entre as homenageadas está Márcia Prado, morta após ser atropelada por um ônibus enquanto passava pela Avenida Paulista, em 2009, e que hoje batiza uma das principais Rotas Cicloturísticas do país.

O serviço é prestado pela start-up Memoriall e funciona através de um QR Code que é colocado junto às Ghost Bikes. Com isso, quem passar pelo local e tiver um smartphone capaz de fazer a leitura do código poderá acessar a árvore genealógica, obituário e biografia dos homenageados. Além de Márcia Prado, Juliana Ingrid Dias e William Morsetvita foram os outros ciclistas lembrados.

leiamais-cinza-novo
iconezinho  SEM APOIO DE ÓRGÃOS ESTADUAIS, ROTA MÁRCIA PRADO 2014 É CANCELADA

“Nós queremos que as pessoas saibam que ali não é somente uma bicicleta branca. Queremos que quem passar por ali saiba que naquele local morreu uma pessoa que tinha família, filhos, que tinha uma história. ”, relata Ricardo Marques, presidente da Memoriall.

O projeto convida outras pessoas, parentes e amigos dos homenageados a contribuírem. Para quem desejar fixar uma tag em ghostbikes, em qualquer lugar do país, pode entrar em contato pelo site www.memoriall.com.br.