SP tem curso de pedal para a terceira idade

Atualizado em 24 de fevereiro de 2017
Mais em Notícias

Nunca é tarde para aprender a andar de bicicleta. Essa é a mensagem que os 36 alunos da terceira idade passam nas aulas da Escola do Pedala para a Terceira Idade, projeto desenvolvido pela prefeitura de Sorocaba, por meio da Urbes – Trânsito e Transporte (empresa pública de desenvolvimento urbano na cidade) e da Secretaria de Desenvolvimento Social. Os alunos são de Sorocaba (SP). Todos, pessoas acima dos 55 anos, em sua maioria mulheres, aptos e animados a aprender a se equilibrar, frear, fazer curvas e pedalar em bicicletas.

Trata-se de aulas práticas, que acontecem todas as quartas-feiras, no estacionamento do Clube do Idoso. Elas são divididas em três turmas com 12 alunos e quatro professores, nos horários de 8h30, 9h30 e 10h30. Todas as bicicletas e capacetes são fornecidos pela prefeitura. Durante dois meses, os alunos são orientados sobre regras de trânsito envolvendo bicicletas, compartilhamento das vias, noções de segurança pessoal e coletiva, importância da prática regular de exercícios físicos e, o principal, a se equilibrar e andar no veículo sobre duas rodas.

Essas pessoas aprendem a superar as dificuldades e o medo de cair e conseguem fazer algo novo. Para o coordenador e professor da Escola do Pedala para a Terceira Idade, Erlon Marum, ali o esporte vai além de todos os benefícios do ciclismo. “Essas aulas de bicicleta mostram que a vida pode ser vivida na sua plenitude e que o retorno maior é o bem-estar emocional e a superação. A maioria dos alunos descreve a sensação de andar de bicicleta como a de voar, de liberdade”, afirma Marum, que trabalhou por quatro anos na equipe de ciclismo profissional de Sorocaba.

Criado em 2014, devido à alta demanda de idosos interessados em aprender a andar de bike, o projeto já formou 65 pessoas acima dos 55 anos de idade. E no final do ano passado, elas ganharam como conclusão de curso, um passeio pelas ciclovias de Sorocaba. “Esse projeto está sendo um grande desafio, mas a satisfação de ensinar os mais velhos e ter essa emoção de vê-los vibrando com cada conquista e pedalada, superando barreiras na sua idade, é muito emocionante e uma lição de vida”, acrescenta Marum.

E a proposta está sendo tão bem recebida pela população da região que já tem mais duas datas para a realização de novas turmas. A segunda e a terceira edição deste ano vão acontecer no início de maio e de julho, respectivamente.

Ciclismo profissional em Sorocaba

A cidade de Sorocaba, a 100 km da capital paulista, já foi o expoente do ciclismo no Brasil. Em 2012, a equipe profissional da cidade, a Real Cycling Team (também conhecida, como Equipe de Ciclismo Padaria Real/Caloi/Céu Azul Alimentos/Sorocaba), ficou no 1° lugar do ranking do America Tour, de acordo com a União Ciclística Internacional (UCI). Além disso, o time já havia conquistado duas importantes voltas de ciclismo do país, em 2011: o Tour do Brasil/Volta do Estado de São Paulo, com o primeiro lugar do atleta José Eriberto; e o Tour do Rio de Ciclismo, com o ciclista Alex Diniz, em 1°.

Mas, por falta de patrocínio e apoio, a equipe profissional de Sorocaba encerrou suas atividades, no final de 2012, não competindo mais no ano seguinte.

(Fonte: Portal da prefeitura de Sorocaba).