Max Stöckl leva uma MTB para uma montanha coberta de gelo na Áustria

Atualizado em 23 de janeiro de 2018
Mais em Mountain Bike

No ano passado, o austríaco Markus “Max” Stöckl, 43, chamou a atenção do mundo todo por alcançar inacreditáveis 167 km/h em uma bicicleta de MTB no deserto do Atacama, no Chile. Esse ano, Max mudou seu foco da velocidade para a dificuldade, e desceu a perigosa pista de Streif, na montanha Hahnenkamm, um feito inédito.

Considerada a pista de esqui downhill mais difícil do mundo, a Streif tem 3.312 metros de extensão, com uma média de inclinação assustadora de 27%. Ele foi a primeira pessoa do mundo a enfrentar a pista em uma bicicleta – poucos dias antes do início da Copa do Mundo de Esqui Alpino, que começa no próximo dia 20.

 

Modificações

Max costuma enfrentar seus desafios em bicicletas comuns, com nenhuma ou poucas adaptações feitas. Para descer a montanha nevada onde fica a Streif, a única adaptação que a bicicleta sofreu foi nos pneus, que receberam um tratamento especial de cravos de metal de 15 milímetros. 

 

 

História

Max tem buscado as pistas mais íngremes do mundo há mais de 20 anos, e é conhecido por encarar desafios imensos em bicicletas “de linha” (sem alterações profissionais). Na neve, ele já atingiu 210 km/h, em 20o7, e na terra (ou “gravel”/”cascalho”), primeiro marcou 164,95 km/h, em 2011, e, no ano passado, bateu seu próprio recorde ao alcançar 167.6 km/h descendo por um vulcão na região do Atacama, no Chile. 

Max também é conhecido pelo apelido de Hércules – pois pesa 100 kg e tem 1,90 m de altura. “Descer por uma reta em uma montanha gelada foi algo diferente de tudo que eu já tinha feito”, disse Max. “Com certeza alcançou e superou minhas expectativas e foi mais divertido do que achei que seria”.

Confira o vídeo com as imagens da descida: