E-bike é fenômeno em site de financiamento coletivo

Atualizado em 05 de agosto de 2016
Mais em Notícias

Os criadores da Storm Electric Bike não poderão reclamar de falta de incentivo caso seu produto não chegue ao mercado. Isso porque esta e-bike, que tem como uma de suas características as rodas de fatbike, já superou, e muito, a meta estipulada para entrar em produção.

No site de financiamento coletivo (crownfunding) “Indiegogo“, a Storm Electric Bike tem como meta alcançar 75 mil dólares até o dia 3 de março. E faltando mais de 15 dias para o final da campanha, já foram conseguidos mais de 3 milhões de dólares (quase 9 milhões de reais), valor que corresponde a 4.250% da meta inicial.

Mas o que a Storm Electric Bike tem de tão especial? De acordo com seus criadores, a Storm Sondors, trata-se de uma das e-bikes mais baratas do mercado (599 dólares contra) e potentes. Com um motor de 350 Watts e uma bateria de lítio de 36 Volts, que pode ser recarregada em 90 minutos, consegue percorrer até 80 km e atingir os 32 km/h.

leiamais-cinza-novo
iconezinho  GUIA DE BIKES ELÉTRICAS

Pesando aproximadamente 25 kg, a e-bike também se caracteriza pelo pneu mais grosso que, segundo seus criadores, é ideal para circular em diversos tipos de terrenos como neve, areia e pisos molhados.

Porém é realmente seu preço que chama a atenção. Custando 599 dólares, tem preço de mercado de 1.299 dólares. E como baixar tanto assim o custo de produção? Segundo o descritivo, técnicas de manufaturas que permitem que as unidades sejam construídas sem a adoção de tecnologias caras.

A previsão é de que as primeiras unidades sejam enviadas em maio. O frete do produto para os residentes fora dos Estados Unidos será de no máximo 250 dólares.