Julien Absalon se aposentará no Rio 2016

Atualizado em 24 de fevereiro de 2017
Mais em Mountain Bike

O bicampeão olímpico (em 2004 e 2008) de cross country Julien Absalon começa a temporada de 2016 com um pensamento: em agosto, nos Jogos do Rio 2016, aos 35 anos, quer encerrar sua vitoriosa carreira em alta, de preferência com o tricampeonato. O mountain biker francês, que já havia decidido se aposentar profissionalmente em setembro de 2015, antes do Campeonato Mundial de MTB XCO (cross country olímpico), vencido pelo suíço Nino Schurter, virou personagem da série “Human to Hero” da emissora de TV americana CNN. No vídeo, ele conta detalhes de sua carreira, da frustração de ter desistido da disputa em Londres 2012, após sofrer um acidente, e de sua preparação para o último grande desafio da carreira.

Julien Absalon, que começou no mundo dos pedais aos 14 anos, por incentivo de um vizinho, em Remiremont, na França, também coleciona uma quantidade impressionante de títulos, além dos olímpicos. Só na Copa do Mundo de MTB cross country são cinco títulos (2003, 2006, 2007, 2008 e 2009), com destaque também para o Campeonato Mundial, vencido por Absalon em quatro oportunidades (2004, 2005, 2006 e 2007), além de ser um dos maiores vencedores do campeonato nacional francês, com 11 títulos.

Mesmo com todos os títulos, uma rotina de até cinco horas de treino, e de muitos o considerarem o melhor piloto de mountain bike de todos os tempos, Julien Absalon termina a entrevista da CNN, gravada em uma das pistas em que ele treina na França, com uma declaração bem curiosa: “Quando me falam que eu sou o melhor do mundo, isso me deixa muito feliz, mas olho para o lado e vejo o Schurter”.

Assista ao vídeo feito pela CNN com Julien Absalon