Araxá (MG) sedia Copa com pontos Hors Class  

Atualizado em 05 de agosto de 2016
Mais em Mountain Bike

Entre 6 e 8 de março, Araxá será palco de mais uma Copa Internacional de MTB. Abrindo a série de provas do ano, a cidade conta com uma novidade. Será a primeira nas Américas a ser classificada como SHC ou Hors Class, definida pela União Ciclista Internacional (UCI). A etapa de Araxá eleva seus pontos de 120 para 160, se tornando de alto nível. Somente três provas no mundo pontuam assim: Cape Epic (África do Sul), Chipre e Suíça.

Em 2014, um dos principais circuitos de Mountain Bike da América Latina contou com a participação de cerca de 5.000 atletas nas quatro etapas, com 15 campeões. Este ano, a organização espera atingir o mesmo número. Serão três dias de provas para a Super Elite Masculina e Feminina (elite e sub-23), começando pelo Contrarrelógio (XCT), indo para o Short Track (XCC-pista curta) e finalizando com o Cross Country Olímpico (XCO). Haverá também uma premiação no final da etapa para aqueles atletas que acumularem menor tempo. “Já se inscreveram atletas de dez países e o objetivo é confirmar no mínimo 15, conforme exige a UCI para provas dessa classe. A delegação argentina, por exemplo, vai bater recorde de inscritos, com oito ciclistas na competição. Assim, devemos ter de 30 a 40 ciclistas internacionais presentes em Araxá”, afirma Rogério Bernardes, organizador da CIMTB.

leiamais-cinza-novo
iconezinho  ABERTO DE NOA TEM TRÊS BRASILEIROS NO PÓDIO

Após a prova de abertura, a temporada continua em São João del-Rei, com o Cross Country Olímpico e Eliminator, nos dias 15 a 17 de maio, seguido da Maratona XCM em Congonhas (MG), nos dias 6 a 8 de novembro. A quarta etapa no Brasil ainda não foi definida, mas a organização tem analisado a possibilidade de ser em São Roque, como no ano passado.

As inscrições para a primeira etapa em Araxá vão até domingo (1°). Para se inscrever acesse o site da Copa Internacional de MTB.