Holanda desenvolve e-bike destinada aos idosos

Atualizado em 30 de novembro de 2016
Mais em Mobilidade

País onde pessoas de todas as idades pedalam, a Holanda planeja lançar no mercado a primeira ‘smartbike’ voltada para os idosos. Dotada de diversos equipamentos eletrônicos, a bike inteligente tem como objetivo diminuir o número de acidentes entre os ciclistas mais velhos do país.

Desenvolvida pela Organização Holandesa para Pesquisas Científicas Aplicadas (do holandês TNO) com o apoio do governo, o veículo é uma bike elétrica que possui um radar no guidão e uma câmera na traseira que estão conectados a um computador de bordo. Com isso, a bike é capaz de identificar e avisar (através de vibrações no selim e no guidão) possíveis obstáculos ou mesmo ciclistas que se aproximam.

A bicicleta possui ainda um espaço para conectar um tablet. Conectado ao sistema, ele poderá servir como um guia através do uso de aplicativos próprios, ou como alerta, emitindo luz caso algum obstáculo ou ciclista se aproxime.

Em fase de testes, é esperado que a bicicleta ganhe um modelo comercial em até dois anos. Seu preço deve variar entre 1.700 euros a 3.200 euros (entre R$ 5.000 a R$ 9.500 aproximadamente). O protótipo da bike pesa 25 kg, mas os pesquisadores estão trabalhando para deixá-la mais leve.

De acordo com dados do Escritório Central de Estatísticas, em 2013, 184 ciclistas morreram no país sendo que 124 (67%) possuíam mais de 65 anos. Em 2012 morreram 200 ciclistas, a maioria idosos.

Com 17 milhões de habitantes, a Holanda tem no mínimo cerca de 18 milhões de bicicletas. Há mais de 25.000 km de vias cicláveis no país.