Bike Control: o programa sustentável italiano

Atualizado em 10 de novembro de 2016
Mais em Mobilidade

Na Itália, uma iniciativa sustentável vem chamando a atenção dos moradores da cidade de Aprilia, localizada a 30 km de Roma. Tudo graças ao programa Bike Control, desenvolvido por um estudante da escola de ensino médio Liceu Antonio Meucci.

O projeto ganhou recentemente o apoio da prefeitura, que financia a produção e instalação dos dispositivos nas bicicletas e pretende levar a ideia à outras instituições públicas e privadas de ensino.

O Bike Control, como foi chamado o projeto, conta com um dispositivo que, fixado à bicicleta dos alunos, registra a data, o horário e a distância do percurso realizado.

Além disso, um sistema exclusivo feito em parceira com a Universidade La Sapienza, em Roma, calcula a quantidade de gás carbônico que deixa de ser emitida à atmosfera quando se troca o automóvel pela bicicleta.

A ideia de criar o Bike Control surgiu há mais de um ano, quando Lorenzo Catalli, então aluno do último ano da escola e hoje estudante de engenharia, fazia o traslado de carro para estudar, acompanhado pelo pai.

Para ganhar os pontos do projeto, os alunos devem usar a bicicleta no mínimo  três ou quatro vezes por semana. Os dados relativos ao percurso dos ciclistas são inseridos em um computador e divulgados mensalmente através de um site com a classificação dos estudantes que participam do programa.

Pelo sistema de avaliação das escolas italianas, além das notas conseguidas em provas escritas e orais, os estudantes de ensino médio contam com o “crédito de formação”, uma pontuação obtida com a prática de atividades extracurriculares e que integra a média final necessária para superar o Exame de Estado, fundamental para cursar o ensino superior.