Rafael Andriato volta a competir no Brasil

Atualizado em 20 de setembro de 2016
Mais em Bike

O ciclista paulista Rafael Andriato, que pedalou nos últimos oito anos na Itália, é o novo reforço da equipe brasileira Memorial-Santos/Fupes na temporada 2016. Andriato volta a competir no Brasil de olho em uma vaga para o Rio 2016, no ciclismo de estrada. A última experiência de Rafael no país havia sido também na Memorial, entre 2006 e 2007, quando ele, aos 20 anos, se tornou líder brasileiro do ranking, com as vitórias na Volta de SP.

“Vou me dedicar muito para conquistar esta sonhada vaga olímpica. Fiquei bem perto da convocação nas duas últimas olimpíadas e acredito que com o trabalho que a Memorial faz, a chance é muito boa. Espero conquistar muitas vitórias e passar um pouco da experiência que conquistei para os ciclistas mais jovens”, diz Andriato.

Para a Memorial, o “repatriamento” do atleta também é muito importante para aumentar a qualidade técnica da equipe, além de trabalhar o intercâmbio de experiências e orientação com os atletas mais jovens. Segundo o diretor técnico, Cláudio Diegues, o objetivo na próxima temporada é garantir, pelo menos, dois atletas no masculino e um no feminino no Rio 2016. A aposta é, além de Rafael Andriato na estrada, classificar Gideoni Monteiro, na pista, Ana Polegatch na estrada, além dos paralímpicos Lauro Chaman e Soelito Gohr.

Retrospecto italiano

A trajetória do ciclista brasileiro Rafael Andriato na Itália se dividiu em quatro anos como “Dilletanti” (aspirante) e mais quatro, como profissional. Entre as voltas europeias que pedalou, Rafael destaca o Giro d’Itália 2013, e os campeonatos da Chateuroux Classic, na França, e no Grand Prix Jurmala, na Letônia (ambos em 2012) e, também, a vitória no prólogo da Volta Sibiu, na Romênia, este ano.