Neste 'futebol' não deu para a Alemanha

Atualizado em 05 de agosto de 2016
Mais em Ciclismo

No campo esportivo, um dos grandes momentos de 2014 sem dúvida alguma foi o título da Alemanha na Copa do Mundo de Futebol disputada no Brasil. Com direito a uma goleda histórica sobre os brasileiros, os alemães mostraram que no momento ninguém é melhor do que eles quando o assunto é bola no pé.

Essa máxima, no entanto, não vale se o assunto for bola na roda. Isso porque no Campeonato Mundial de Ciclismo Indoor, disputado em Brno, na República Tcheca, uma dupla da Áustria sagrou-se no último final de semana (21 a 23) tricampeã do cycle-ball, uma curiosa modalidade sobre duas rodas.

leiamais-cinza-novo
iconezinho  RELEMBRE COMO FOI O MUNDIAL INDOOR DE 2013

Para quem não sabe do que estamos falando, o Cycle-ball (ou Radball) é, literalmente, o futebol com bicicletas. Jogado em duplas e em quadras, os jogadores devem dominar e ‘chutar’ a bola utilizando somente a bike (no caso, a roda dianteira). Somente o goleiro (um dos jogadores) pode tocar a bola com mão (dentro da área). As bicicletas tem engrenagem física, não tem freios, pesam aproximadamente 3 kg e possuem coroa fixa na roda traseira, o que possibilita pedalar para frente e para trás.

Entre as grandes potências do Cycle-ball estão a Suíça, Áustria, Alemanha e República Tcheca, justamente as quatro melhores no último Mundial. O título ficou com os austríacos Patrick Schnetzer e Markus Bröll, tricampeões mundiais (2011, 2013 e 2014) após derrotarem na final os suíços Roman Schneider e Dominik Planzer por 4 a 1.

Já o bronze ficou com os donos da casa Pavel Smid e Petr Skotak, que derrotaram os alemães Uwe Berner e Matthias Konig e quebraram uma importante marca. Desde 2005 os germânicos subiram ininterruptamente no pódio do Mundial de cycle-ball.

Além do cycle-ball, o Campeonato Mundial de Ciclismo Indoor também conta com a disputa do ciclismo artístico.

video-cinza