Mundial de Pista junta Cavendish e Wiggins

Atualizado em 20 de setembro de 2016
Mais em Ciclismo

Duas das maiores estrela do ciclismo de estrada da atualidade, os britânicos Mark Cavendish e Bradley Wiggings serão mais uma vez parceiros no Campeonato Mundial de Pista, que será disputado entre os dias 2 a 6 de março, em Londres. A dupla irá competir na categoria Madison 50 km, a mesma que rendeu a ambos uma medalha de ouro no Mundial de 2008, disputado em Manchester (Grã-Bretanha).

De lá para cá, os dois também foram parceiros no ciclismo de estrada competindo pela equipe Sky na temporada 2012, que foi marcada pelo título de Wiggings no Tour de France. Cavendish, que tem como prioridade para 2016 uma medalha olímpica, comemorou via Twitter o fato de voltar a representar a seleção da Grã-Bretanha em torneios internacionais. “É uma honra vestir de novo a camisa da seleção, em especial antes dos Jogos Olímpicos”.

O Mundial será a última competição com pontos válidos para a corrida olímpica. Logo após a competição na capital da britânica, a União Ciclística Internacional (UCI) deverá anunciar os 99 homens e as 90 mulheres que virão aos Jogos do Rio 2016.

Brasil em busca da vaga

Além dos britânicos, o Mundial de Pista receberá 80 atletas de todo o mundo que ainda buscam carimbar o passaporte para o Rio 2016. A seleção brasileira de ciclismo de pista viaja a Londres de olho em uma vaga na categoria Omnium, tendo como candidato o cearense Gideoni Monteiro, atualmente 15º colocado no ranking mundial. Para conquistar a vaga, Gideoni precisa terminar o Mundial de Londres entre os 18 melhores do ranking, que é a zona de classificação para os Jogos. Caso obtenha êxito, o cearense quebrará um jejum brasileiro que perdura desde os Jogos de Barcelona em 1992, última ocasião em que o País participou de uma disputa olímpica de pista.