Documentários mostram Clarindo na RAAM

Atualizado em 20 de setembro de 2016
Mais em Bike

Considerado um dos 10 melhores ciclistas de longa distância do mundo, Claudio Clarindo deixou uma grande lacuna no esporte após sua morte nesta segunda-feira (25)   em um acidente na Rodovia Rio-Santos no litoral norte de São Paulo.

Natural da cidade de Santos (SP), Claudio Clarindo começou no esporte em 1992, na natação, e logo depois partiu para o triathlon. Na modalidade, completou mais de 200 provas, incluindo 8 Ironmans no total, dentre eles um Mundial em Kona, no Havaí. Em 1998 e 1999, foi ainda detentor do melhor tempo da natação no Ironman Brasil (Florianópolis).

Mas foi no ciclismo de longa distância que Claudio Clarindo se consagrou como um dos maiores nomes do esporte, não só no Brasil, mas no mundo, sendo considerado um dos 10 melhores atletas da modalidade. Deteve o feito de concluir cinco vezes umas das provas de ciclismo mais difíceis (se não a mais difícil) do mundo, a Race Across América (RAAM), que consiste em atravessar pedalando os Estados Unidos da costa oeste à costa leste. Dentre as cinco conclusões, registrou o recorde latino-americano do desafio, o que lhe rendeu uma vaga vitalícia na competição.

Clarindo participou da RAAM em 2007, 2009, 2011, 2012 e 2015, algumas dessas edições registradas em documentários produzidos por uma parceria entre a 4.2 Produção e a TV Tribuna de Santos, que também acompanhou o ultraciclista no desafio em que ele pedalou a distância de 600 km entre o Rio de Janeiro e São Paulo em 24h. Os documentários trazem imagens e depoimentos que mostram não apenas o grande atleta, mas muito da personalidade marcante de Claudio Clarindo, que fez dele uma das figuras mais carismáticas e inspiradoras do esporte.

Confira os documentários de Clarindo na RAAM nos links abaixo: