Contador quer ter equipe própria em 2017

Atualizado em 20 de setembro de 2016
Mais em Ciclismo

Maior vencedor das Grandes Voltas do ciclismo estrada mundial ainda em atividade (com dois títulos no Tour de France, dois no Giro d’Italia e três na Vuelta a España), o espanhol Alberto Contador parece ter voltado atrás sobre a ideia de se aposentar após a temporada de 2016. Na segunda-feira (15), durante apresentação dos atletas sub-23 de sua equipe, a russo-dinamarquesa Tinkoff, ele revelou que existe a possibilidade de continuar pedalando profissionalmente se tiver uma boa performance no Tour de France deste ano – seu principal objetivo na temporada – ou se seu projeto de montar uma equipe própria não se concretizar até o fim deste ano.

“A idéia de montar uma equipe própria me agrada muito, mas existem algumas complicações e muitos detalhes. Isso não toma nada do meu tempo de preparação e descanso para os grandes torneios da temporada. Quero vencer o Tour de France e agradecer o Oleg Tinkov (que deixa de ser o dono da equipe em 2017) pelos quatro anos de muito apoio”, disse o espanhol, que calcula um aporte de 15 milhões de Euros para começar uma equipe minimamente competitiva, e também não descarta incluir atletas e profissionais da Tinkoff no novo time.

leiamais-cinza-novo
icon texto_menor ALBERTO CONTADOR SE APOSENTA EM 2016 

Elogios a Chris Froome e à Sky

Alberto Contador, que a partir desta quarta-feira (17) disputa o Tour do Algavre (Portugal), também fez muitos elogios ao britânico Chris Froome e à equipe dele, a Sky. “Eles são impressionantes e não vejo melhor equipe na atualidade. A Sky poderia montar duas equipes para disputar o World Tour, já que todos ali fazem o papel de líder”, ponderou Contador, que vê em Froome, atual campeão do Tour, seu maior oponente na busca do tricampeonato da Grande Volta Francesa.