Vinokourov responde a pressão e vence em Murgia

Atualizado em 06 de abril de 2011
Mais em

Por Tadeu Matsunaga

Alexander Vinokourov (Astana) venceu a 3ª etapa da Volta do País Basco, após atacar a 4 km da meta na região de Murgia. O ciclista cazaque cruzou a linha de chegada com oito segundos de vantagem sobre o pelotão principal. Na disputa pelo sprint, Òscar Freire (Rabobank) garantiu a segunda posição.

Na luta pela classificação geral, Joaquin Rodriguez (Katusha) terminou na décima posição e conseguiu recuperar a camisa amarela, retornando a liderança na competição.

Jens Voigt (Leopard Trek), Dmitri Champion e Matteo Montaguti (AG2R La Mondiale), Noe Gianetti e David De la Fuente (Geox-TMC) e Higinio Fernandez (Caja Rural) protagonizaram a primeira fuga do dia, mas logo foram neutralizados pelo grupo de elite.

Craig Lewis (HTC-Highroad), Oscar Pujol (Omega Pharma-Lotto), Alfredo Balloni (Lampre-ISD) também tentaram um ataque sem sucesso, assim como Daniel Martin (Garmin-Cervélo), Damiano Caruso e Dominik Nerz (Liquigas-Cannondale) e Nicki Sorensen (Saxo Bank SunGard).

Tony Martin (HTC-Righroad) respondeu ao ataque de Remi di Gregorio (Astana) e seguiu escapado até a subida em Opakua, quando foi acompanhado por Juan Manuel Garate (Rabobank), Moinard Amaël (BMC), Niemiec Przemyslaw (Lampre-DSI), Francesco Bellotti ( Liquigas-Cannondale), Egoi Martinez (Euskaltel-Euskadi) e Jerome Pineau (Quick Step). O grupo conseguiu uma vantagem de 3min15s, mas não houve colaboração do grupo. Moinard atacou na segunda subida, o Alto de Zarate, e foi seguido por Belloti e Pineau.

O trio permaneceu escapado até 11 km da meta, quando uma série de ataques começaram a surgir no pelotão. Tejay Van Garderen (HTC-Highroad), Alexandr Kolobnev (Katusha) e Kevin Seeldraeyers (Quick Step) conseguiram uma vantagem pequena em relação ao grupo, mas Seeldrayes perdeu contato após se desequilibrar sobre a bicicleta, o que favoreceu a aproximação do pelotão. Fabio Duarte (Geox) tentou sua sorte, porém, logo foi neutralizado.

Mas foi Vinokourov quem aproveitou a oportunidade a 4 km da meta. O ciclista cazaque atacou sozinho e conseguiu uma vantagem de 18s. Mantendo o ritmo até a linha de chegada e conseguiu um grande salto na classificação geral.

Classificação da etapa

1 Alexander Vinokourov (Kaz) Pro Team Astana
2 Oscar Freire Gomez (Spa) Rabobank Cycling Team
3 Paul Martens (Ger) Rabobank Cycling Team
4 Pim Ligthart (Ned) Vacansoleil-DCM Pro Cycling Team
5 Mikael Cherel (Fra) AG2R La Mondiale
6 Egoitz Garcia Echeguibel (Spa) Caja Rural
7 Francesco Gavazzi (Ita) Lampre – ISD
8 Christopher Horner (USA) Team RadioShack
9 Damiano Caruso (Ita) Liquigas-Cannondale
10 Joaquin Rodriguez Oliver (Spa) Katusha Team

Classificação geral

1 Joaquin Rodriguez Oliver (Spa) Katusha Team 12:30:09
2 Andreas Klöden (Ger) Team RadioShack
3 Samuel Sanchez Gonzalez (Spa) Euskaltel-Euskadi
4 Christopher Horner (USA) Team RadioShack 0:00:01
5 Ryder Hesjedal (Can) Team Garmin-Cervelo 0:00:06
6 Xavier Tondo Volpini (Spa) Movistar Team
7 Damiano Cunego (Ita) Lampre – ISD
8 David Lopez Garcia (Spa) Movistar Team
9 Robert Gesink (Ned) Rabobank Cycling Team
10 Beñat Intxausti Elorriaga (Spa) Movistar Team 0:00:09