<font face= Vencedor de duas etapas este ano no Tour de France e um dos pré-favoritos ao título, o ciclista Alexandre Vinokourov está fora da competição por conta de acusação de doping. Como resultado, sua equipe Astana também saiu da disputa. Vinokourov venceu as etapas 13 e 15, disputadas sábado e segunda.

Em princípio, o ciclista teve teste positivo para doping após sua vitória no sábado, e foi suspenso pela equipe. A porta-voz da equipe disse que o teste positivo detectou transfusão de sangue recente e que a equipe sairia do Tour. Com a saída, acabam também as chances do alemão Andreas Kloden, em quinto na classificação geral, cinco minutos atrás do líder Michael Rasmussen (Rabobank).

A análise do teste B do ciclista, que nega ter feito manipulação de sangue para escapar dos testes de verificação de doping, deve sair na próxima semana. Ele alega que as anomalias encontradas em seu sangue devem ser por conta do acidente que sofreu na semana passada em uma das etapas.

"Os ciclistas precisam entender que estão bricando de roleta russa se fizerem uso de doping", afirmou o diretor do Tour Christian Prudhome, que garantiu que a prova irá continuar. O Tour de France termina neste domingo em Paris. Esta terça foi dia de descanso para os ciclistas, que retornam amanhã para o último dia de disputa nas montanhas. "/>Foto:  Vencedor de duas etapas este ano no Tour de France e um dos pré-favoritos ao título, o ciclista Alexandre Vinokourov está fora da competição por conta de acusação de doping. Como resultado, sua equipe Astana também saiu da disputa. Vinokourov venceu as etapas 13 e 15, disputadas sábado e segunda.

Em princípio, o ciclista teve teste positivo para doping após sua vitória no sábado, e foi suspenso pela equipe. A porta-voz da equipe disse que o teste positivo detectou transfusão de sangue recente e que a equipe sairia do Tour. Com a saída, acabam também as chances do alemão Andreas Kloden, em quinto na classificação geral, cinco minutos atrás do líder Michael Rasmussen (Rabobank).

A análise do teste B do ciclista, que nega ter feito manipulação de sangue para escapar dos testes de verificação de doping, deve sair na próxima semana. Ele alega que as anomalias encontradas em seu sangue devem ser por conta do acidente que sofreu na semana passada em uma das etapas.

"Os ciclistas precisam entender que estão bricando de roleta russa se fizerem uso de doping", afirmou o diretor do Tour Christian Prudhome, que garantiu que a prova irá continuar. O Tour de France termina neste domingo em Paris. Esta terça foi dia de descanso para os ciclistas, que retornam amanhã para o último dia de disputa nas montanhas.

Vinokourov e equipe Astana saem do Tour por doping

Atualizado em 22 de março de 2008
Mais em

 Vencedor de duas etapas este ano no Tour de France e um dos pré-favoritos ao título, o ciclista Alexandre Vinokourov está fora da competição por conta de acusação de doping. Como resultado, sua equipe Astana também saiu da disputa. Vinokourov venceu as etapas 13 e 15, disputadas sábado e segunda.

Em princípio, o ciclista teve teste positivo para doping após sua vitória no sábado, e foi suspenso pela equipe. A porta-voz da equipe disse que o teste positivo detectou transfusão de sangue recente e que a equipe sairia do Tour. Com a saída, acabam também as chances do alemão Andreas Kloden, em quinto na classificação geral, cinco minutos atrás do líder Michael Rasmussen (Rabobank).

A análise do teste B do ciclista, que nega ter feito manipulação de sangue para escapar dos testes de verificação de doping, deve sair na próxima semana. Ele alega que as anomalias encontradas em seu sangue devem ser por conta do acidente que sofreu na semana passada em uma das etapas.

“Os ciclistas precisam entender que estão bricando de roleta russa se fizerem uso de doping”, afirmou o diretor do Tour Christian Prudhome, que garantiu que a prova irá continuar. O Tour de France termina neste domingo em Paris. Esta terça foi dia de descanso para os ciclistas, que retornam amanhã para o último dia de disputa nas montanhas.