Scarponi em alta na Lampre-ISD

Atualizado em 02 de dezembro de 2011
Mais em

Por Fernando Bittencourt

Embora o diretor geral da Lampre-ISD, Giuseppe Saronni, ter dito à sua equipe que todo o planejamento para 2012 deve ser discutido entre os atletas e a comissão técnica, uma declaração de Michele Scarponi, feita no início desta semana, amoleceu as palavras do dirigente, que voltou atrás e elogiou seu atleta. Scarponi afirmou que renunciaria o Giro d’Italia para disputar o Tour de France.

“Com certeza eu ouvi as palavras de Scarponi sobre suas vontades em 2012 com muito interesse e creio que um importante ciclista como ele, quinto colocado no WorldTour 2011, tenha o direito de tomar suas próprias decisões de uma maneira tranquila e pensada, com a finalidade de sempre ir ao encontro de seus objetivos”, disse o dirigente.

Apesar de ter demonstrado todo o seu apoio a Scarponi, Saronni voltou atrás e reconsiderou alguns comentários, sem minimizar os elogios. Pensando em sua equipe e nos outros dois líderes da Lampre-ISD, Alessandro Petacchi e Damiano Cunego, o dirigente ressaltou que seria válido esperar as primeiras concentrações da equipe para que seja planejado tudo em conjunto e não tomar nenhuma atitude precipitada, que possa ofender alguns membros da esquadra e prejudicar seu planejamento, que deve ser profundo e construtivo.

“Tanto as ideias de Scarponi quanto as ideias dos outros líderes da equipe terão que ser discutidas com todos os integrantes da Lampre-ISD pouco antes do início da temporada. Durante os treinos chegaremos a algumas conclusões e teremos uma reunião entre os atletas e a comissão técnica para decidirmos o que será melhor para todos”, concluiu Saronni.