Rogers ficará oito semanas fora das corridas

Atualizado em 11 de março de 2008
Mais em

Por Daniel Balsa

O australiano Michael Rogers (High Road) foi diagnosticado com o vírus Epstein-Barr (EPV), que é um herpesvírus conhecido por causar a mononucleose infecciosa. Por conta da doença, o ciclista ficará quatro semanas sem poder treinar e oito fora das competições.

O campeão mundial de contra-relógio em 2005 já havia contraído o EPV há sete anos e sabe bem como deve proceder para retornar ao pedal o mais breve possível.

“Tive essa doença em 2001. Sei o que é necessário para eu ter minha saúde de volta e retornar aos treinos e às corridas com intensidade total. Agora vou me resguardar para ter o retorno mais breve possível”, falou Rogers.