Promotoria arquiva processo contra Di Luca

Atualizado em 07 de agosto de 2007
Mais em

Por Daniel Balsa

A Promotoria Pública de Pescara pediu o arquivamento das investigações contra o italiano Danilo di Luca (Liquigas), campeão do Giro d’Italia 2007. O ciclista é suspeito de integrar uma rede de distribuição de substâncias ilegais, que seria gerida pelo médico Carlo Santuccione.

No último dia 12 de julho um outro processo de mesma causa contra Di Luca já havia sido arquivado pela juíza italiana Maria Michela De Fine.

Entretanto, a comissão antidoping do Comitê Olímpico Italiano (Coni), continua sua própria apuração dos fatos. Ettore Torri, chefe desta comitiva, quer investigar todas as relações possíveis do ciclista com Santuccione, que também seria um dos colaborador do médico espanhol Eufemiano Fuentes, mentor do escândalo de doping na Espanha.

Caso algo seja descoberto provando o envolvimento de Di Luca com esta tal rede, ele pode sofrer uma suspensão entre três e seis meses.