Meia-maratona RAK

Atualizado em 17 de fevereiro de 2012
Mais em

Na manhã desta sexta-feira, 17 de janeiro, foi realizada a Meia-maratona RAK, nos Emirados Árabes Unidos. Com um percurso considerado rápido e com grandes nomes das provas de fundo confirmados, o esperado era que os atletas completassem os 21 km da disputa pelo menos perto do recorde mundial da distância. Porém, com os fortes ventos que passaram pela cidade pela manhã, tanto a melhor marca do mundo entre os homens (58min23s) quanto entre as mulheres (1h05min50s), ficaram longe de serem atingidas.

Na disputa masculina pela ponta, quem levou a melhor foi o queniano Dennis Kipruto Koech, com o tempo de 1h00min40s. O etíope Azmeraw Bekele veio em seguida, com 1h00min49s, e Wilson Kipsang Kiprotich, do Quênia, foi terceiro, com 1h01min01s. O favorito para a vitória, o queniano Geoffrey Mutai – atual campeão das maratonas de Boston e Nova York – nem sequer largou, pois, com uma ferida no pé e fortes dores, preferiu não arriscar.

Já na prova feminina, a favorita Mary Keitany não desapontou. Atual recordista mundial da meia-maratona – marca obtida nesta mesma prova, em 2011 -, a queniana não deu chances para as adversárias e venceu com o tempo de 1h06min49s. Mais de dois minutos depois chegaram suas compatriotas Georgina Rono e Gladys Cherono, com 1h09min13s e 1h09min14s, respectivamente.