Márcio May é líder da Volta do Paraná

Atualizado em 24 de maio de 2006
Mais em

POR ANA PAULA DE OLIVEIRA, de LONDRINA

Há apenas 15 km da largada, o pelotão principal da primeira etapa da Volta Ciclística Internacional do Paraná foi ao chão. Vento cruzado, carro na pista, cansaço. Nem ciclistas nem dirigentes sabem ao certo o que aconteceu. O que se tem certeza é que uma das quedas mais impressionantes dessa que é a terceira edição da volta fez muitas vítimas: Maurício Morandi (Scott) ainda está hospitalizado com suspeita de perfuração no pulmão; Jerre Adriano (SME/Ribeirão Preto) abandonou a prova com luxação no ombro; Rogério Silva (Memorial) teve luxação no cóccix, Alexandre Oliveira (Santana de Parnaíba) teve de ser atendido na ambulância ao final da chegada e Nilceu “The Flash” Santos (Scott) teve perna e joelho direitos lesionados.

Fora de toda a confusão, Márcio May (Scott) vestiu a camisa amarela ao cruzar a linha de chegada da cidade paranaense de Bela Vista do Paraíso em 3h04min32, depois de 128,4 km. Completaram o pódio Jorge Giacinti (da equipe chilena Líder), com o segundo lugar, seguido de MacDonald Fernandes (Sundown/São Caetano).

Nesta terça-feira, o Autódromo Internacional de Londrina será palco da segunda – de cinco – etapas da volta, com 91,5 km.