10 km Unicsul - Troféu Duque de Caixas

Atualizado em 17 de agosto de 2008
Mais em

As ruas próximas ao Parque do Ibirapuera receberam cerca de 6.500 atletas na manhã desta sábado, 17 de agosto, na sexta edição da 10 km Unicsul – Troféu Duque de Caixas, organizada pela Corpore.

A largada foi marcada por um tiro de canhão pontualmente às 8h, quando os corredores partiram para os percursos de 10 km ou 4,3 km. Chemwolo Kiprono Mutai logo se destacou do pelotão e precisou de apenas 29min41s para vencer e bater o recorde da prova com sobra. “A corrida foi bem fácil, eu estava bem relaxado”, disse o campeão.

Com 28 segundos de desvantagem, o segundo colocado foi Damião Ancelmo de Souza, que correu mais uma vez ao lado de seu irmão gêmeo, Cosme, que chegou em terceiro, um segundo atrás. “Consegui um bom resultado e isso é muito importante. Esperava ir melhor, mas fui muito forte no começo e no final senti um pouco”, falou Damião. O pódio ficou completo com outros dois atletas do Quênia, Charles Wachira Maina e Mutai Kiprop.

No feminino, Sueli Pereira da Silva superou a favorita Maria Zeferina Baldaia e venceu a disputa com 34min40s. “A prova foi difícil. Tinha a Zefereina e a Edielza [Alves dos Santos] que são grandes corredoras. No final senti um pouco, mas consegui vencer a prova”, declarou a campeã. Baldaia ficou em segundo lugar, com o tempo de 34min53s, seguida por Luzia de Souza Pinto (34min57s). Edielza Alves dos Santos chegou em quarto, com 35min07s, e Nadir Sabino de Siqueira completou o pódio, com 35min42s.

Calor e percurso técnico
Apesar das boas marcas da elite, que incluíram até a quebra de recorde no masculino, a prova não foi considerada fácil pelos participantes. “Com exceção do calor, a prova foi muito boa”, disse Jane Yamashita, 41 anos, analista de sistemas. A corredora também sentiu dificuldade na rota variada da prova. “O percurso tem muitas subidas. Senti principalmente a que fica no começo da Avenida 23 de Maio, por volta do 6 km”, declarou. Porém, mesmo com a dificuldade, a atleta elogiou o local escolhido para a realização do evento. “Gosto de correr na região do Ibirapuera, porque é um local muito arborizado”, completou.

Célia Maciel, 47 anos, advogada, participou da prova pela segunda vez e compartilha com a opinião de Jane no que diz respeito à temperatura e dificuldade do percurso. Mas a corredora fez questão de ressaltar que a comemoração do aniversário de nascimento de Duque de Caxias, patrono do Exército Brasileiro, comemorado durante o evento também foi um diferencial. “O mais legal dessa prova é o clima. A largada é diferente, com o exército dando tiro de canhão”, afirmou.

:: Serviço
10 km Unicsul – Troféu Duque de Caixas – São Paulo
Data:
17 de agosto de 2008
Horário: 8h
Clima: Ensolarado
Distâncias: 4,3 km e 10 km
Temperatura: 22°C (média)
Umidade: 47% (média)
Inscritos: 6.500
Vencedores
Masculino

1º – Chemwolo Kiprono Mutai (Athleticsports/ Luasa) – 29min41s
2º – Damião Ancelmo de Souza (Equipe Pé de Vento) – 30min09s
3º – Cosme Ancelmo de Souza (Equipe Pé de Vento) – 30min10s
4º – Charles Wachira Maina (Athletic Sports) – 30min14s
5º – Mutai Kiprop – 30min26s
Feminino
1ª – Sueli Pereira da Silva (Unidf) – 34min40s
2ª – Maria Zeferina Baldaia (E.C. Pinheiros) – 34min53s
3ª – Luzia de Souza Pinto (Unicsul) – 34min57s
4ª – Edielza Alves dos Santos (Cruzeiro Esporte Clube) – 35min07s
5ª – Nadir Sabino de Siqueira (BMF/ Nike/ São Caetano) – 35min42s