Gorduras boas para triatletas? Isso existe?

Atualizado em 29 de março de 2018
Mais em

Apesar da má fama, as gorduras são importantes na alimentação de qualquer pessoa, principalmente dos atletas. Seu consumo deve estar entre 15 a 30% da alimentação feita no dia. As gorduras boas para triatletas ajudam na melhora do rendimento, da recuperação muscular, da digestão e ainda na prevenção de doenças cardiovasculares.

As gorduras boas para triatletas são as insaturadas, podendo ser monoinsaturadas ou poli-insaturadas. Elas estão presentes em castanhas, azeitonas, amêndoas, azeite extra-virgem, abacates e açaí. Entre as poli-insaturadas, temos aquelas presentes nos óleos vegetais, óleo de linhaça, atum, sardinha e salmão. Entre elas, a mais conhecida é a ômega-3, que tem o potencial anti-inflamatório e ajuda no combate e prevenção de doenças cardiovasculares e neurológicas (como o Alzheimer e a depressão). Alguns desses alimentos, além de fornecer gorduras boas, têm proteínas, que são fundamentais no pós-prova.

Já as gorduras saturadas e trans devem ser evitadas ou consumidas em pequenas quantidades. Essas estão presentes em bolachas, carnes vermelhas, margarinas, batatas fritas e tortas congeladas. Elas aumentam o colesterol ruim e, consequentemente, os riscos de problemas no coração. Mas, em pequena quantidade, a gordura saturada da carne vermelha, por exemplo, não faz mal, pois possui vários nutrientes importantes para o atleta, como ferro e creatina. O importante é consumir com moderação.

(Fontes: Liane Schwarz Buchman, nutricionista da clínica Bodyhealth, em São Paulo, unidade Bodytech Eldorado)