<p><font face=Os ciclistas brasileiros de MTB, Mário Roma e Odair Pereita, completaram as últimas duas etapas da TransRockies Challenge e terminaram a competição com o tempo total de 31h57m30s na 30ª posição na categoria Open, que contou com 165 equipes. "Ficar entre os Top 30 é uma satisfação a parte. Divido esta satisfação com o Odair que além de me ter dado um 'Mestrado em MTB' nestes últimos sete dias se mostrou um parceiro formidável para este e outros desafios que venham", comemorou Roma.

No último dia foram 48 km e 655 m de ascensão com 12 km de Single Track. Os ciclistas deixavam aos poucos a rotina das tendas, banheiros de plástico, chuveiros móveis, refeições em ginásios esportivos e inúmeros km de esforço e determinação.

A dupla do Brasil largou forte na tática do 'tudo ou nada' e completou a etapa com 1h59m com uma média de mais de 26 km/h."A Transrockies foi sem dúvida a mais dura prova de MTB que fiz", compltou Roma.

A penúltima etapa, no sexto dia de prova, foi da cidade de Elkford até Sparwood, totalizando 116 km e 2300 m de escalada. A dificuldade foi comprovada com a desistência de 20% dos participantes.

De acordo com o relato de Roma, toda a população da cidade de Sparwood recebia cada piloto que chegava. "Finalmente estávamos de volta a civilização, após 6 dias totalmente isolados da civilização, vivendo literalmente no velho Oeste onde só os Ursos e animais selvagem habitam em locais tão remotos. Cruzar a linha de chegada neste dia deu uma sensação de conquista e determinação além do comum", conta. Roma e Pereira concluíram esta etapa em 6h50.


"/>Foto:

Os ciclistas brasileiros de MTB, Mário Roma e Odair Pereita, completaram as últimas duas etapas da TransRockies Challenge e terminaram a competição com o tempo total de 31h57m30s na 30ª posição na categoria Open, que contou com 165 equipes. "Ficar entre os Top 30 é uma satisfação a parte. Divido esta satisfação com o Odair que além de me ter dado um 'Mestrado em MTB' nestes últimos sete dias se mostrou um parceiro formidável para este e outros desafios que venham", comemorou Roma.

No último dia foram 48 km e 655 m de ascensão com 12 km de Single Track. Os ciclistas deixavam aos poucos a rotina das tendas, banheiros de plástico, chuveiros móveis, refeições em ginásios esportivos e inúmeros km de esforço e determinação.

A dupla do Brasil largou forte na tática do 'tudo ou nada' e completou a etapa com 1h59m com uma média de mais de 26 km/h."A Transrockies foi sem dúvida a mais dura prova de MTB que fiz", compltou Roma.

A penúltima etapa, no sexto dia de prova, foi da cidade de Elkford até Sparwood, totalizando 116 km e 2300 m de escalada. A dificuldade foi comprovada com a desistência de 20% dos participantes.

De acordo com o relato de Roma, toda a população da cidade de Sparwood recebia cada piloto que chegava. "Finalmente estávamos de volta a civilização, após 6 dias totalmente isolados da civilização, vivendo literalmente no velho Oeste onde só os Ursos e animais selvagem habitam em locais tão remotos. Cruzar a linha de chegada neste dia deu uma sensação de conquista e determinação além do comum", conta. Roma e Pereira concluíram esta etapa em 6h50.


Em 2011 tem mais em Guadalajara, no México, vamos em busca do ouro

Atualizado em 26 de março de 2008
Mais em

Os ciclistas brasileiros de MTB, Mário Roma e Odair Pereita, completaram as últimas duas etapas da TransRockies Challenge e terminaram a competição com o tempo total de 31h57m30s na 30ª posição na categoria Open, que contou com 165 equipes. “Ficar entre os Top 30 é uma satisfação a parte. Divido esta satisfação com o Odair que além de me ter dado um ‘Mestrado em MTB’ nestes últimos sete dias se mostrou um parceiro formidável para este e outros desafios que venham”, comemorou Roma.

No último dia foram 48 km e 655 m de ascensão com 12 km de Single Track. Os ciclistas deixavam aos poucos a rotina das tendas, banheiros de plástico, chuveiros móveis, refeições em ginásios esportivos e inúmeros km de esforço e determinação.

A dupla do Brasil largou forte na tática do ‘tudo ou nada’ e completou a etapa com 1h59m com uma média de mais de 26 km/h.”A Transrockies foi sem dúvida a mais dura prova de MTB que fiz”, compltou Roma.

A penúltima etapa, no sexto dia de prova, foi da cidade de Elkford até Sparwood, totalizando 116 km e 2300 m de escalada. A dificuldade foi comprovada com a desistência de 20% dos participantes.

De acordo com o relato de Roma, toda a população da cidade de Sparwood recebia cada piloto que chegava. “Finalmente estávamos de volta a civilização, após 6 dias totalmente isolados da civilização, vivendo literalmente no velho Oeste onde só os Ursos e animais selvagem habitam em locais tão remotos. Cruzar a linha de chegada neste dia deu uma sensação de conquista e determinação além do comum”, conta. Roma e Pereira concluíram esta etapa em 6h50.