Competição profissional

Atualizado em 15 de dezembro de 2008
Mais em

Por Gustavo Ferro

A WMM (World Marathon Majors, ou Maiores Maratonas do Mundo) surgiu em janeiro de 2006 com o objetivo de associar cinco provas de 42 km do mundo e distribuir prêmios aos atletas que mais pontuarem ao longo da temporada. Valem também como índices para a WMM a Maratona dos Jogos Olímpicos e campeonatos mundiais da IAAF (Federação Internacional de Atletismo). O prêmio para os campeões (divididos entre masculino e feminino) é um sonhado cheque de um milhão de dólares.

A primeira prova do ano do calendário da WMM é a Maratona de Boston, em abril, seguida pelos 42 km de Londres. Já no segundo semestre, em setembro, é realizada a Maratona de Berlim, considerada uma das mais rápidas do mundo juntamente com Chicago, disputada no mês de outubro. A maior e mais famosa das maratonas, a de Nova York, é realizada em novembro, e encerra a programação anual da WMM.

Para pontuar na WMM o atleta deve participar de pelo três das cinco maratonas durante o circuito. Um detalhe importante para a classificação dos atletas na WMM é que só são aceitas as pontuações de no máximo quatro maratonas.

Desde o seu início, a WMM atrai mais de cinco milhões de espectadores nas ruas e 250 milhões de telespectadores acompanham as transmissões das provas no mundo inteiro. E a associação gera um impacto econômico de 400 milhões de dólares e doa 80 milhões de dólares anualmente a instituições carentes.

:: Classificação WMM 2008-2009
Masculino
1º) Samuel Wanjiru (Quênia) – 40 pontos
2º) Martin Lel (Quênia) – 26 pontos
3º) Evans Cheruiyot (Quênia) – 25 pontos
! O brasileiro Marilson Gomes dos Santos e o etíope Haile Gebrselassie dividem a quinta posição com 25 pontos, graças às vitórias em Nova York e Berlim, respectivamente.

Feminino
1º) Irina Mikitenko (Alemanha) – 50 pontos
2º) Alevtina Biktimirova (Rússia) – 30 pontos
3º) Constantina Tomescu-Dita (Romênia) – 30 pontos
! Mesmo com o abandono na maratona olímpica, a inglesa Paula Radcliffe ocupa a quarta colocação, com 25 pontos, somados na vitória dos 42 km da Big Apple.