Com reforços do leste europeu, Astana mira 2011

Atualizado em 11 de novembro de 2010
Mais em

Por Tadeu Matsunaga

Com a perda de Alberto Contador, que assinou contrato com a Saxo Bank levando consigo Jesus Hernandez, Daniel Navarro e Benjamim Noval, a equipe Astana iniciou uma corrida contra o tempo em busca de reforços para a próxima temporada.

Dirigido por Yvon Sanquer, o time cazaque apostou suas fichas em ciclistas do leste europeu. Roman Kreuziger e Robert Kiserlovski (ex-Liquigas) e Evgueny Petrov (ex-Katusha).

O tcheco Roman Kreuziger – ao lado do experiente Alexander Vinokoruv – deve ser o líder nas provas por etapas, enquanto o russo Evgueny Petrov chega com a responsabilidade de brilhar nas corridas de um dia. Ao lado de Kreuziger, transita outro ciclista da Liquigas, o croata Robert Kiserlovski.

Além deles, Tomas Vaitkus (RadioShack), Mirko Lorenzetto (Lampre), Fredrik Kessiakoff (Garmin), Simon Clarke (ISD-Neri), Francesco Masciarelli (Acqua&Sapone) , Tanel Kangert e Remi Di Gregorio (FDJ) chegaram a equipe cazaque.

Seguem na Astana em 2011: Assan Bazayev, Allan Davis, Alexandr Dyachenko, Dmitriy Fofonov, Enrico Gasparotto, Maxim Gourov, Andriy Grivko, Maxim Iglinskiy, Valentin Iglisnkiy, Josep Jufré, Roman Kireyev, Yevgeny Nepomnyaschshiy, Sergey Renev, Gorazd Stangelj, Paolo Tiralongo, Alexandr Vinokourov e Andrey Zeits.