Claudio Clarindo é o novo colunista do ativo.com

Atualizado em 22 de março de 2009
Mais em

Aos ativos e atuantes das áreas esportivas diversificadas por este portal, que é considerado um ícone perante à todos, as minhas saudações. Gostaria de agradecer à direção do portal o convite para escrever em tal conceituado meio de comunicação esportiva de nosso país.

Acredito ter evoluído no esporte e ter acompanhado conjuntamente a evolução do ativo.com, tendo em vista sua trajetória alavancada em conjunto as necessidades de divulgação de nossas modalidades esportivas, que num país totalmente voltado ao futebol se esquece de suas ramas esportivas, das quais são expressamente árduas por nossos atletas e aficionados.

Partindo desta prerrogativa, vamos debater um pouco sobre uma questão que já gerou bastante polêmica em vários bate-papos.

Qual destes três desportivas (vamos chamá-los assim) possuem uma maior carga de treinos, dentre seus efeitos psicológicos e físicos. Um ciclista que irá realizar uma volta ciclística (ou uma Race Across America), um triatleta que irá realizar o Ironman na categoria amadora, casado, dois filhos (este mesmo tendo seu emprego em horário comercial de 8h às 18h), ou um jogador profissional de um grande time de futebol?

Gostaria de esclarecer que esta pergunta surge pela alta valorização monetária obtida no futebol, por uma pequena parcela já comprovada, observando que a maioria dos atletas que tenta chegar a esta valorização fica pelo caminho, sendo esquecida com o tempo. Muitas vezes são jogadores de extrema qualidade, mas não têm oportunidade para demonstrar.

Esta mesma valorização ao futebol profissional é destinada pela cultura de nosso país, que em seus eixos possui uma história de co-relação ao esporte desde seu surgimento, mas também não podemos deixar de salientar em que todas as matérias escritas pelos jornalistas, nossos atletas ícones das modalidades são sempre ovacionados como exemplos a serem seguidos de garra, força e determinação.

Esta questão, além de polémica, traz uma série de outros atributos, os quais deixaremos por conta da história se encarregar de escrevê-los. Estou à disposição em meu site www.clarindo.com para receber qualquer tipo de informação ou até mesmo respostas para esta famosa pergunta.

Quero deixar também aqui, uma campanha de divulgação que eu e meu amigo surfista Picuruta Salazar, um dos maiores surfistas deste país, estamos divulgando, que é a ação da Fundação Galileo aqui em Santos, que trata de crianças com má formação crânio-facial, possuidoras de fissura labial, oferecendo gratuitamente todo o tratamento, e para a qual somente a divulgação se faz necessária. Caso você tenha conhecimento de alguma criança com este problema, por favor, indique a Fundação Galileo.