Ciclismo corre risco em Pequim

Atualizado em 10 de março de 2008
Mais em

Por Daniel Balsa

As provas de ciclismo nos Jogos Olímpicos de Pequim correm riscos de serem alteradas ou até mesmo canceladas por causa da poluição, tido com um dos maiores problemas pelo Comitê Olímpico Internacional (COI).

Segundo o belga Jacques Rogge, presidente do COI, é esperado que as medidas do governo chinês para diminuir a poluição tenham efeito até agosto, para quando está marcado o maior evento esportivo do planeta.

Rogge vê a medida como precaução à saúde dos atletas, que ficariam diversas horas expostos ao ar poluído da capital chinesa. Além do ciclismo, a maratona também corre risco de ficar fora da programação olímpica.

“Uma maratona de mais de duas horas e as provas de bicicleta com cinco e seis horas de duração podem representar um perigo aos atletas e nós podemos reprogramar as competições”, falou o dirigente.